295 dos 417 prefeitos tentam a reeleição no embalo da pandemia

Publicado terça-feira, 06 de outubro de 2020 às 06:03 h | Atualizado em 05/10/2020, 22:59 | Autor: [email protected]

Dos 347 prefeitos baianos, 295, ou 85% estão tentando a reeleição este ano. 52 desistiram, mas o número é alto. Sinal de que a pandemia soprou bons ventos.

É aí que Cristovão Rodrigues, radialista e amigo, instiga: o que haverá de ser dos nossos prefeitos depois das eleições, com a pandemia ainda aí?

Meu caro Tovinho, líquido e certo é agora, na campanha da pandemia, nenhum prefeito nem aqui e nem alhures está chiando de dinheiro. E é uma baita vantagem para quem está na máquina. E é daí que começam as controvérsias.

No cenário que está se delineando por aí temos prefeitos que foram bem contra a Covid e cacifaram o cabedal de respeito. Tem os que foram bem, mas também tem os que estão bombardeados de denúncias de corrupção, além dos amorfos, não rouba e nem faz.

A previsão é de que logo após as eleições os problemas comecem, logo de saída, com alguns em dificuldades para pagar o 13º, sem falar na conta da pandemia, sem o auxílio, a partir de janeiro. Seja como for, 2020 é sedutor. Veja a tabela:

2000 —228 aptos, 116 reeleitos (57,6%).

2004 —156 aptos, 80 reeleitos (51,3%).

2008 — 223 aptos, 143 reeleitos (63,3%), o recorde.

2012 — 234 aptos, 118 reeleitos (50,5%).

2016 —204 aptos, 77 reeleitos (37,7%). a pior derrota.

TCM e fraude no auxílio

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) publicou o Edital 672/2020 que causou rebuliço entre prefeitos.

O tal edital responsabiliza os gestores dos municípios pelos funcionários públicos que tentaram burlar o auxílio emergencial do governo.

Eures Ribeiro (PSD), prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da UPB, diz que os prefeitos não têm competência  nem aparato técnico para fazer tal fiscalização. A UPB quer suspender o edital.

Em Salvador, o mesmo cenário

A pesquisa Ibope/TVBahia ontem divulgada mostra que a campanha vai começar esta semana no rádio e na tevê com o mesmíssimo cenário da pré-pandemia e da pré-campanha com pandemia: Bruno Reis (DEM), o candidato de ACM Neto, como favorito absoluto.

Na pesquisa, ele tem 42% contra 36% de todos os outros somados. Olhe as outras amostragens feitas até agora: devagar e sempre, ele só cresce, e os outros estagnaram.

E na tevê vai ser outro jogo?

O cenário da pesquisa Ibope/TV Bahia na real trouxe uma novidade: um indicativo de que em Salvador pode não haver segundo turno, como quer o time de Rui Costa.

Se algo vai mudar será a partir da propaganda no rádio e na tevê, que começa sexta. Embora a tendência seja todos contra Bruno, o candidato de ACM Neto tem o dobro do tempo de Major Denice (PT), o segundo maior e ainda mais que ela e Isidório (Avante) e Olívia (PCdoB) juntos.

Feira de Santana está de luto por Joselito Amorim

Joselito Falcão Amorim, ou simplesmente Joselito Amorim, figura que protagonizou importante momento na história de Feira de Santana ao substituir, em maio de 1964, o prefeito Chico Pinto, afastado pela Câmara por ordem da ditadura militar, nos deixou.

Joselito tinha 101 e morreu de complicações de Covid. Ontem, o prefeito Colbert Martins (MDB) decretou três dias de luto oficial.

Joselito era um único vivo de um tempo que Feira tinha como atores políticos Chico Pinto e Colbert Martins, pai, ferrenhos adversários.

Segundo o jornalista  Jailton Batista, que ano passado lançou o livro “O Filho da Madre”, sobre a vida de Joselito, ‘a história dele se confunde com uma obra de ficção’.

REGISTROS

Duelo em Mucugê

Manoel Luz (PSD) foi acusado na Justiça por D. Ana Medrado, a principal adversária dele, de ter divulgado nas redes pesquisa sem registro. Em tais casos, a multa mais barata é R$ 53 mil, bem salgadinha. E muita gente não aprende.

Pauta Rosa 1

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e o sindicato congênere baiano (Sinjorba) dispararam memes pelas redes alertando os colegas para a importância do Outubro Rosa, que trata da prevenção e tratamento do câncer de mama. Ou seja, a Covid não pode engolir também essa pauta.

Pauta Rosa 2

E por falar nisso, a Fundação José Silveira, instituição madrinha do Outubro Rosa na Bahia, na campanha desde 2010, vai  realizar mamografias gratuitas no estacionamento do Shopping Bela Vista de 13 a 16. O agendamento é prévio:  (71) 3504-5939/ 3504-5935.

Novos tempos

Diz o governo do estado que de março, no início da pandemia, a setembro, realizou 75.980 reuniões de trabalho virtuais. Não surpreende em matéria de comunicação o governo baiano estar na ponta.

Publicações relacionadas