Brasil oferece 5 milhões de vacinas da Covid para Ucrânia e Paraguai

Doses estão sobrando no país e 28 milhões próximas de vencer

Publicado quarta-feira, 13 de julho de 2022 às 13:32 h | Atualizado em 13/07/2022, 13:32 | Autor: Da Redação
o Brasil doou 5,1 milhões de doses de imunizantes à Covax Facility
o Brasil doou 5,1 milhões de doses de imunizantes à Covax Facility -

Com doses pertos de vencer, o governo brasileiro ofereceu cinco milhões de vacinas contra a Covid-19 da Astrazeneca para a Ucrânia e uma quantidade não informada ao Paraguai. O país sul-americano recusou a oferta, enquantos os europeus, que estão no meio de uma guerra contra a Rússia, ainda não respondera. As informações são da Folha de S.Paulo. 

A informação sobre a oferta de vacinas foi enviada pela pasta ao STF (Supremo Tribunal Federal) no dia 26 de junho em processo sobre a vacinação contra a Covid relatado pelo ministro Ricardo Lewandowski.

A explicação foi dada em meio a cobranças do STF quanto a possibilidade do governo Bolsonaro perder 28 milhões de doses da vacina até o fim de agosto. O caso foi apresentado ao Supremo pela Rede Sustentabilidade. Além disso, um processo foi aberto no TCU (Tribunal de Contas da União).

No pedido, o STF alertou que não sendo possível a aplicação dessas doses à população brasileira, fosse feita a imediata doação para países necessitados, segundo critérios técnicos e científicos de países que ainda sejam efetivo foco da doença e que contenham baixa cobertura vacinal, segundo parâmetros da OMS (Organização Mundial da Saúde).

De acordo com a Folha, são ao menos 26 milhões de unidades da Astrazeneca e 1,92 milhão de doses da Pfizer que vencem neste mês e em agosto. Para doar as doses, é necessário o interesse e anuência do beneficiado e que seja ouvido o Ministério das Relações Exteriores. 

Anteriormente, o Brasil doou 5,1 milhões de doses de imunizantes Astrazeneca pelo Brasil à Covax Facility, iniciativa internacional que coordena os esforços para a distribuição de vacinas contra a Covid-19 para todos os países.

Publicações relacionadas