adblock ativo

Estados se reúnem com Anvisa para discutir uso da Sputnik V

Publicado terça-feira, 08 de junho de 2021 às 09:46 h | Atualizado em 08/06/2021, 09:51 | Autor: Da Redação
Foco da reunião com a Anvisa foi tratar das responsabilidades que estados precisam assumir | Foto: Andreas Solaro | AFP
Foco da reunião com a Anvisa foi tratar das responsabilidades que estados precisam assumir | Foto: Andreas Solaro | AFP -
adblock ativo

Representantes do Nordeste e da Amazônia se reuniram, na última segunda-feira, 7, com integrantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para discutir o uso da vacina Sputnik V no Brasil, após aprovação de importação.

Nesta terça-feira, 8, acontece a reunião com o Fundo Soberano Russo e com o ministério da Saúde da Rússia para poder garantir o cronograma de entrega das vacinas ao Brasil.

O foco do encontro com a Anvisa foi tratar das responsabilidades que estados precisam assumir em relação ao uso da vacina russa, inclusive no que diz respeito a seguir as restrições de quem pode receber o imunizante.

Ao todo, os estados do Nordeste firmaram acordo para a compra de 39 milhões de doses do imunizante russo. Contudo, a aprovação, na noite da última sexta-feira, 4, da importação da vacina russa foi autorizada sob uma série de condicionantes. Entre elas, o uso reduzido de doses, atendendo apenas a 1% da população de cada estados.

Segundo a Anvisa, após o uso dessas vacinas, serão analisados os dados de monitoramento do uso do imunizante e, assim, avaliados os demais quantitativos a serem importados.

adblock ativo

Publicações relacionadas