Petrobras aprova distribuição de R$ 87,8 bi em dividendos a acionistas

Governo federal deverá receber R$ 32,1 bilhões do valor total.

Publicado quinta-feira, 28 de julho de 2022 às 19:12 h | Atualizado em 28/07/2022, 19:12 | Autor: Da Redação
Valor é referente aos resultados do segundo trimestre. Serão
Valor é referente aos resultados do segundo trimestre. Serão -

O Conselho de Administração da Petrobras aprovou nesta quinta-feira, 28, a distribuição de dividendos no valor de R$ 87,8 bilhões aos acionistas.

O valor é referente aos resultados do segundo trimestre. Serão pagos R$ 6,732003 por ação preferencial e ordinária em circulação. O pagamento será de R$ 3,366002 por ação preferencial e ordinária em 31 de agosto e R$ 3,366001 em 20 de setembro de 2022.

"A aprovação do dividendo proposto é compatível com a sustentabilidade financeira da companhia no curto, médio e longo prazo e está alinhada ao compromisso de geração de valor para a sociedade e para os acionistas, assim como às melhores práticas da indústria mundial de petróleo e gás natural", informou a estatal.

Acionista majoritária da companhia, o governo federal deverá receber R$ 32,1 bilhões do valor total. Na segunda-feira, 25, o governo encaminhou ofícios às estatais Petrobras, Banco do Brasil, Caixa e BDNS solicitando o aumento da receita com dividendos.

No comunicado, a empresa afirmou que o valor será abatido dos dividendos a serem aprovados na Assembleia Geral Ordinária de 2023 relativos ao exercício de 2022.

Publicações relacionadas