Brasileiro minimiza racismo sofrido por Vini Jr. na Espanha | A TARDE
Atarde > Esportes

Brasileiro minimiza racismo sofrido por Vini Jr. na Espanha

Donato da Silva nasceu no Brasil e é naturalizado espanhol

Publicado terça-feira, 26 de março de 2024 às 14:46 h | Atualizado em 26/03/2024, 15:32 | Autor: Beatriz Amorim
Donato da Silva durante coletiva
Donato da Silva durante coletiva -

Em meio aos inúmeros casos de racismo sofridos pelo atacante Vinícius Júnior, o que ocasionou no amistoso entre Brasil e Espanha, que ocorre na tarde desta terça-feira, 26, o ex-jogador Donato da Silva opinou sobre um tema. Em coletiva com jornais locais, o brasileiro naturalizado espanhol afirmou que a melhor forma para solucionar o tema é “fazendo boas partidas e gols”. 

Em vídeo divulgado pelo jornal Relevo, Donato afirmou que não considera a Espanha um país racista, mas sim que há alguns casos de racismo, como em qualquer lugar. 

Leia mais: 

Vinícius Jr. chora ao falar sobre racismo: “cada vez mais triste”

“É uma covardia o que acontece”, diz Dorival sobre ataques à Vini Jr

Espanha x Brasil: onde assistir e escalações | A TARDE

“Acredito que seja um tema que precisa ser solucionado. Como solucionar? Fazendo boas partidas e gols. Eu não posso dizer que a Espanha é um país racista, mas há racismo, assim como todo lugar. Ele (Vinícius) vai sofrer porque é sul-americano e por causa da sua cor. Não podemos mudar isso”, disse o ex-jogador.

Em continuidade, o ex-zagueiro, revelado pelo Vasco e atuou no futebol espanhol durante 15 anos, disse que Vini Jr. precisa perdoar as pessoas e esquecer o tema, que “não é racismo, é provocação”. 

“É uma maneira de tentar provocá-lo. Vinicius tem que perdoar a gente, esquecer o tema e continuar jogando futebol, que é o que ele sabe fazer de melhor. Não é um tema para racismo, e sim para provocações”, opinou Donato da Silva.

Publicações relacionadas