Daniel Alves vai ter liberdade provisória sob fiança de R$ 5,4 milhões | A TARDE
Atarde > Esportes

Daniel Alves vai ter liberdade provisória sob fiança de R$ 5,4 milhões

Baiano vai aguardar decisão final em liberdade após Tribunal de Barcelona aceitar recursa da defesa

Publicado quarta-feira, 20 de março de 2024 às 08:10 h | Atualizado em 20/03/2024, 08:22 | Autor: Da Redação
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão
Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão -

O Tribunal de Justiça de Barcelona aceitou o pedido da defesa e concedeu liberdade provisória a Daniel Alves, preso desde janeiro de 2023 e condenado por estupro. A decisão foi publicada na manhã desta quarta-feira, 20, e vale enquanto os recursos são julgados, ou seja, no período de espera até uma sentença definitiva. A liberdade provisória será dada se o baiano pagar 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões).

>> Daniel Alves poderá deixar a prisão na Espanha; entenda

"O tribunal delibera, por maioria e com voto individual: 'Acordar a prisão provisória de Daniel Alves, que pode ser evitada mediante o pagamento de uma fiança de 1.000.000 euros e, se o pagamento for verificado, e acordada a sua libertação provisória, o retirada de ambos os passaportes, espanhol e brasileiro, a proibição de sair do território nacional, e a obrigação de comparecer semanalmente a este Tribunal Provincial, bem como quantas vezes for convocada pela Autoridade Judiciária", disse a sentença.

Em fevereiro, Daniel Alves foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão pelo crime de estupro, cometido contra uma jovem em um banheiro da boate Sutton, localizada em Barcelona, na madrugada de 30 para 31 de dezembro de 2022. Ele está preso na Espanha desde 20 de janeiro de 2023.

Se a fiança for paga, Daniel Alves estará em liberdade provisória e terá os os passaportes - o brasileiro e o espanhol - retirados. Além disso, o ex-jogador terá que cumprir uma série de medidas, como não deixar a Espanha, comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona, não se comunicar com a denunciante e manter uma distância de pelo menos 1 quilômetro da residência, local de trabalho ou qualquer outro frequentado pela denunciante.

A defesa de Daniel Alves não comunicou se a fiança será paga.

Publicações relacionadas