Jerônimo confirma conversa com o Bahia sobre terrenos para novo CT | A TARDE
Atarde > esportes > E.C.Bahia

Jerônimo confirma conversa com o Bahia sobre terrenos para novo CT

Governador negou, porém, que esteja negociando uma área na Via Metropolitana

Publicado quinta-feira, 01 de fevereiro de 2024 às 20:52 h | Autor: Lula Bonfim
Jerônimo confirmou conversas, mas disse ainda não estar negociando a venda de um terreno para o Bahia
Jerônimo confirmou conversas, mas disse ainda não estar negociando a venda de um terreno para o Bahia -

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) confirmou nesta quinta-feira, 1º, que sentou para conversar com a direção do Esporte Clube Bahia, hoje gerido pelo City Football Group (Grupo City), sobre o interesse da agremiação em adquirir um terreno, visando a construção de um novo centro de treinamentos para o Tricolor.

De acordo com Jerônimo, o Bahia solicitou ajuda do governo estadual para encontrar um terreno grande para levantar um novo CT, que receberia o time principal do Esquadrão de Aço e também algumas categorias das divisões de base.

Conforme apuração do portal A TARDE, a avaliação da diretoria do Bahia, a Cidade Tricolor, localizada entre os municípios de Dias D’Ávila e de Camaçari, fica muito distante de Salvador e tem atrapalhado o transporte dos atletas. Desde que a equipe profissional se mudou para o CT, nas proximidades do Polo Petroquímico, jogadores do clube sofreram alguns acidentes no percurso.

Já o Fazendão, localizado entre Salvador e Lauro de Freitas, até atende ao quesito de proximidade, mas sua estrutura instalada entre diversas comunidades populares impede a expansão do equipamento. A ideia do Grupo City é levantar um centro de treinamentos com aproximadamente 200 mil metros quadrados — tamanho equivalente a 28 campos de futebol.

“Me reuni com o City, sentei com o Esporte Clube Bahia, e eles realmente têm interesse em uma nova área. Eles dizem que onde eles estão hoje não tem condições de fazer um empreendimento maior”, confirmou o governador ao portal A TARDE.

Ainda segundo Jerônimo, a equipe do governo da Bahia foi mobilizada para ajudar o Tricolor a encontrar o terreno ideal, para que a gestão estadual pudesse negociar com o clube. Esse local, porém, ainda não teria sido encontrado.

Questionado sobre uma negociação já em andamento para que o Bahia adquirisse uma área na Via Metropolitana, entre Lauro de Freitas e Camaçari, conforme noticiado nesta quinta pelo site Bahia Notícias, o governador negou.

“Eu botei minha equipe para ajudar a encontrar terrenos. Nosso, não tinha, pelo menos onde eles queriam. É possível que alguém já tenha especulado isso [venda de um terreno na Via Metropolitana], mas não passou o retorno para mim ainda não”, garantiu Jerônimo. “Não tem nada. A não ser que alguém esteja fazendo em meu nome. Mas, com o governo, não”, complementou o governador.

A motivação da reunião entre o Bahia e representantes do governo do estado em outubro de 2023 foi revelada em primeira mão pelo portal A TARDE, que apontou a intenção da direção tricolor em adquirir um terreno nas proximidades do Aeroporto Internacional de Salvador.

No dia 22 de janeiro, o prefeito Bruno Reis (União Brasil) disse que pensa em conceder benefícios fiscais para que o Bahia construa seu novo CT em Salvador. A ideia é atrair o Tricolor de volta para a capital baiana. A prefeitura, porém, estaria com dificuldades de encontrar o terreno ideal nos limites do município.

Caso o Bahia construa mesmo seu terceiro centro de treinamentos, o Fazendão deverá ser vendido, enquanto a Cidade Tricolor deverá ficar a serviço do departamento de futebol feminino e das categorias iniciais das divisões de base do clube.

Publicações relacionadas