adblock ativo

Neto Coruja quer dar a volta por cima no Vitória

Publicado domingo, 13 de janeiro de 2013 às 09:04 h | Atualizado em 13/01/2013, 09:04 | Autor: Ricardo Palmeira
Neto Coruja
Neto Coruja -
adblock ativo

No último sábado, 12, pela primeira vez no ano, a bola rolou durante 90 minutos no Barradão. Foi o jogo-treino do Vitória com o Botafogo. O duelo, abaixo das expectativas, por se tratar ainda de pré-temporada, terminou com um triunfo do Leão por 1 a 0, gol de Marcelo Nicácio, aos 17 do segundo tempo, em cobrança de pênalti sofrido por Dimas.

No entanto, houve muito o que comemorar. A bela notícia do dia estava lá, no meio de campo embolado no qual a partida se desenrolava. Era Neto Coruja,  que apresentava uma boa desenvoltura na marcação e nos passes. De quebra, fora o gol de Nicácio, foi dele o único lance de perigo do Vitória no jogo inteiro. O volante acertou a trave com aproximadamente 30 minutos de bola rolando.

E o melhor da notícia ainda estava por vir. Coruja só saiu do jogo aos 25 minutos da etapa final, quando um rodízio de jogadores  trocou as duas equipes por completo. E ele deixou o campo sem reclamar de dor, se mostrando recuperado da lesão no joelho que o deixou praticamente dois anos sem jogar.

"Nos últimos três anos, eu sempre saia mancando dos treinos e jogos. Ia direto fazer tratamento com gelo. É bom sair bem de um jogo-treino. Sinto só um dorzinha pequena, que é normal a qualquer jogador. Estou satisfeito com a minha produção. Só falta ritmo do jogo. Mas isso eu vou ganhar naturalmente com os treinos", explicou o atleta, que só fez uma partida em 2012. Foi em 16 de maio, no 0 a 0 contra o Coritiba, pela Copa do Brasil.

Vida nova - Agora, em 2013, a história do volante tem tudo para ser  diferente. Sua última cirurgia no joelho foi em agosto. De lá para cá, a fisioterapia e os trabalhos físicos o recuperaram completamente, condição que o permite sonhar com uma temporada promissora.

"Diferentemente dos dois últimos anos, vou começar 2013 jogando. Isso me dá confiança. Ninguém sabe o quanto foi doloroso ficar dois anos praticamente parado. Ter um ano bom, agora, só depende de mim", celebrou Coruja, ante de emendar animado. "Me sinto um novo atleta. É assim mesmo: ano novo, cabeça nova, vida nova! Em 2013, vou dar as caras para ter uma temporada perfeita".

Apesar do otimismo, Neto Coruja sabe que este início de temporada será fácil para o Vitória. Como ele mesmo frisou, falta ritmo de jogo. O trabalho de ontem no Barradão foi um indício. Porém, o volante fez questão de relativizar. "Esse jogo não é parâmetro.  Tivemos uma semana de treinos físicos puxados. Estamos em pré-temporada e, certamente, ainda temos muito a evoluir", finalizou.

O time titular que venceu o Botafogo foi Deola, Léo, Gabriel, Reniê e Iuri; Mancha, Coruja, Arthur Maia e Leilson; Marquinhos e Lúcio Maranhão. Nicácio e Dimas, responsáveis pelo gol, substituíram Lúcio Maranhão e Léo, respectivamente.

adblock ativo

Publicações relacionadas