Alvo de operação da PF, Carlos Bolsonaro nega ligação com a Abin | A TARDE
Atarde > Política

Alvo de operação da PF, Carlos Bolsonaro nega ligação com a Abin

Vereador foi um dos alvos de operação que investiga espionagem ilegal

Publicado quarta-feira, 31 de janeiro de 2024 às 18:56 h | Autor: Da Redação
Segundo a PF, o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu materiais obtidos ilegalmente
Segundo a PF, o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu materiais obtidos ilegalmente -

O escritório de advocacia, responsável pela defesa do vereador Carlos Bolsonaro, divulgou uma nota nesta quarta-feira, 31, dizendo o edil "não possui qualquer ligação com a ABIN e tampouco solicitava e/ou recebia de pessoas vinculadas à agência qualquer tipo de informação e dados de terceiras pessoas".

Na última segunda-feira, o vereador foi um dos alvos de uma operação da Polícia Federal que mirou o "núcleo político" envolvido em um suposto sistema de espionagem ilegal da Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Segundo a PF, o filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu "materiais" obtidos ilegalmente através da Abin.

Ainda de acordo com as investigações, assessores de Carlos Bolsonaro, que também foram alvo da operação, teriam pedido informações para o ex-diretor da agência, o deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ).

Confira a nota completa da defesa do vereador, assinada pelo advogado Antonio Carlos Fonseca

"O Vereador Carlos Bolsonaro esclarece que na segunda-feira, dia 29, a sua defesa protocolou no Supremo Tribunal Federal o pedido de acesso aos autos da investigação que deu origem à operação da Policia Federal deflagrada naquele mesmo dia.

O pedido ainda não foi analisado, impossibilitando que se tome conhecimento dos fatos em apuração, além daquilo que é divulgado seletivamente pela imprensa.

O Vereador Carlos Bolsonaro reitera que não possui qualquer ligação com a ABIN e tampouco solicitava e/ou recebia de pessoas vinculadas à agência qualquer tipo de informação e dados de terceiras pessoas.

Cabe, por fim, destacar que o Vereador Carlos Bolsonaro repudia as falsas informações que são amplamente divulgadas por parte da imprensa e juntamente com sua defesa técnica, oportunamente, se manifestará sobre todas as questões relacionadas à operação".

Publicações relacionadas