Bruno Reis comenta investida do Estado nos vagões do VLT de Cuiabá | A TARDE
Atarde > política > Bahia

Bruno Reis comenta investida do Estado nos vagões do VLT de Cuiabá

Prefeito afirmou que a Prefeitura de Salvador dará "total apoio" se for a solução mais rápida ao modal

Publicado quinta-feira, 31 de agosto de 2023 às 11:52 h | Atualizado em 31/08/2023, 12:40 | Autor: Edvaldo Sales e Eduardo Dias
Bruno Reis é favorável ao restabelecimento do sistema de transporte do Subúrbio de Salvador
Bruno Reis é favorável ao restabelecimento do sistema de transporte do Subúrbio de Salvador -

O prefeito Bruno Reis (UB) comentou nesta quinta-feira, 31, sobre a investida do Governo do Estado para a aquisição dos 40 trens que fazem parte do sistema de VLT de Cuiabá-MT. Os detalhes da negociação foram revelados pelo Portal A TARDE, na quarta-feira, 30

Segundo Bruno, se a compra dos 40 trens for a saída mais rápida do governo para o restabelecimento do sistema de transporte do Subúrbio de Salvador, terá todo o apoio da Prefeitura. 

"Não, não estou acompanhando. Eu sou a favor do VLT, como eu sou a favor da ponte, sou a favor de qualquer iniciativa que melhore a vida das pessoas. Se essa for a melhor solução, for a solução mais rápida para restabelecer esse modal de transporte que prejudicou tanto a população do Subúrbio, que foi a retirada dos trilhos do antigo trem, do funcionamento do antigo trem, conta com todo o apoio da Prefeitura", afirmou.

Em outra matéria exclusiva do Portal A TARDE, já nesta quinta-feira, 31, traz a informação de que o novo VLT de Salvador deve custar R$ 3,5 bilhões

Conforme apuração de A TARDE, os novos editais do VLT de Salvador devem ser lançados até o próximo dia 30 de setembro. A ideia é anunciar no final do mês não apenas o projeto para o trecho entre Paripe e Calçada, que substituirá o tradicional trem do Subúrbio, mas também os trechos entre Paripe e Águas Claras, através da Estrada do Derba, e entre Águas Claras e Piatã, entre as avenidas 29 de Março e Orlando Gomes.

O plano do governo Jerônimo Rodrigues (PT), inclusive, é entrar em 2024 com as obras iniciadas, com prioridade para o Subúrbio. 

Publicações relacionadas