Jerônimo se reúne com presidentes do PSB, MDB e PT para debater 2024 | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Jerônimo se reúne com presidentes do PSB, MDB e PT para debater 2024

Encontro acontece quatro dias após anúncio do nome de Robinson para Salvador e antecede conselho político

Publicado segunda-feira, 28 de agosto de 2023 às 22:11 h | Atualizado em 28/08/2023, 22:29 | Autor: Gabriela Araújo
Reunião de Jerônimo Rodrigues com lideranças estaduais do MDB
Reunião de Jerônimo Rodrigues com lideranças estaduais do MDB -

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) se reuniu nesta segunda-feira, 28, com as lideranças estaduais do PSB, MDB e do PT, para debater sobre as estratégias eleitorais de 2024.  Na oportunidade, estiveram presentes a deputada federal Lídice da Mata (PSB), o presidente de honra emedebista, Lúcio Vieira Lima, além do chefe petista estadual Éden Valadares e o vice-presidente do PSB, Rodrigo Hita. 

Também participaram das conversas, o secretário estadual de Relações Institucionais (Serin), Luiz Caetano e o chefe de gabinete do governador, Adolpho Loyola, considerados articuladores políticos de Jerônimo. 

O encontro acontece quatro dias após a decisão do PT Salvador em lançar o nome deputado estadual Robinson Almeida, como pré-candidato para o pleito na capital baiana. O nome do parlamentar foi validado com a presença na Bahia da presidente nacional da sigla, Gleisi Hoffmann, na última sexta-feira, 25. 

De acordo com apuração do Portal A TARDE, a batida de martelo da legenda causou insatisfação nos membros governistas que levaram a queixa ao encontro desta segunda, que antecede a reunião do conselho político. 

A escolha do nome de Robinson ainda fez com o que o presidente da Câmara Municipal de Salvador (CMS), Carlos Muniz (PSDB), anunciasse nesta tarde o total apoio à reeleição do prefeito Bruno Reis (União Brasil). Segundo Muniz, ele só marcharia com o governo do Estado, caso fosse lançado o nome do seu antecessor e amigo pessoal, Geraldo Jr. (MDB). 

Antes de dar o aval ao nome capaz de enfrentar o pretenso candidato à reeleição, Bruno Reis (União Brasil), o governador também deve conversar com a base aliada, a exemplo do PSD e Avante, a fim de debater o assunto. Para além, o governador também terá que dialogar com os presidentes da federação PT-PCdoB e PV para entrar em um consenso sobre o candidato ao Palácio Thomé de Souza, tendo em vista que o PCdoB apresentou o nome da deputada estadual Olívia Santana, como pré-candidata. 

Além dos parlamentares Robinson Almeida e Olívia Santana, estão no páreo para concorrer a vaga os seguintes nomes: o presidente da Companhia Estadual de Desenvolvimento Urbano (Conder), o ex-vereador Zé Trindade (PSB), a deputada federal Lídice da Mata (PSB), o vereador Sílvio Humberto (PSB) e o deputado federal Antônio Brito (PSD). 

Já o vice-governador Geraldo Júnior (MDB) pode não apresentar o seu nome para vaga. Segundo o chefe da CMS, o vice de Jerônimo não conseguiu reunir forças necessárias para "unificar a base" em torno do seu nome, como desejava. Geraldo Júnior, contudo, ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. 

Ainda segundo apurações do Portal A TARDE, o chefe do Executivo estadual tem cotado o nome do pré-candidato petista com bons olhos para ocupar a vaga

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS