Bolsonaro vai participar de encontro do Mercosul por videoconferência

Presidente deve gravar vídeo para ser exibido no evento do grupo de países

Publicado quarta-feira, 20 de julho de 2022 às 15:44 h | Atualizado em 20/07/2022, 16:03 | Autor: Da Redação
Agenda de compromissos de Bolsonaro tem sido organizada pela assessoria do PL
Agenda de compromissos de Bolsonaro tem sido organizada pela assessoria do PL -

Depois de várias idas e vindas na decisão, o presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu participar do encontro do Mercosul nesta quinta-feira, 21, por meio de videoconferência, de Brasília. De acordo com a CNN Brasil, o  chefe do Executivo brasileiro deverá enviar um vídeo gravado a ser exibido no espaço do evento no qual os presidentes dos países do bloco se manifestarão, logo após o Paraguai, país que atualmente ocupa a chefia do grupo, falar.

Nesta quarta-feira, 20,  a assessoria do PL, que tem articulado as agendas do presidente e pré-candidato à reeleição, confirmou que Bolsonaro não participaria do evento porque o presidente teria compromissos no Brasil.

A reunião do Mercosul começa nesta quarta, 20, com um encontro entre os chanceleres e ministros da Economia dos países do bloco. Este será o primeiro encontro presencial desde 2019. Por causa da pandemia de coronavírus, os dois anteriores foram virtuais.

Na agenda do encontro, estão a decisão sobre questões tarifárias do bloco, além de ser anunciada a conclusão das negociações do bloco com Singapura, que prevê um acordo de comércio de bens e serviços e de investimentos a ser assinado até o fim deste ano.

Além disso, o Paraguai deve passar a presidência do bloco para o Uruguai, cumprindo o rodízio entre as nações participantes.

Publicações relacionadas