Ex-diretor da PRF é primeiro a depor na CPMI de 8 de janeiro | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Ex-diretor da PRF é primeiro a depor na CPMI de 8 de janeiro

Silvinei Vasques é alvo de inquérito que investiga operação da PRF no segundo turno

Publicado terça-feira, 20 de junho de 2023 às 10:54 h | Atualizado em 20/06/2023, 11:55 | Autor: Da Redação
Silvinei Vasques é apoiador de Jair Bolsonaro (PL)
Silvinei Vasques é apoiador de Jair Bolsonaro (PL) -

Começa nesta terça-feira, 20, os depoimentos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do 8 de Janeiro, que apura a responsabilidade dos acusados nos atos golpistas que aconteceram no início do ano, em Brasília.

O primeiro a depoir será o ex-diretor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, que é alvo de inquérito que investiga operação da PRF em 30 de outubro, dia do segundo turno da eleição. Agentes e Silvinei são investigados por supostamente atrapalhar a chegada de eleitores de Lula (PT) em locais de votação, principalmente no Nordeste, onde o petista costuma ser mais votado.

Foi constatado em postagens nas redes sociais que Silvinei Vasques é apoiador de Jair Bolsonaro (PL), que na época da operação era presidente da República e perdeu a reeleição naquele dia.

Durante os atos em 8 de janeiro, o país já era presidido por Lula, mas os apoiadores do ex-presidente fizeram manifestações questionando o sistema eleitoral e pedindo intervenção militar, enquanto Bolsonaro passava o primeiro dos seus três meses nos Estados Unidos, de folga.

Publicações relacionadas