Fake News justificou corte de verba da Jovem Pan, diz ministro | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Fake News justificou corte de verba da Jovem Pan, diz ministro

Emissora de rádio foi excluída das primeiras ações publicitárias da gestão de Lula

Publicado quinta-feira, 14 de março de 2024 às 07:22 h | Autor: Da Redação
Em dezembro, no entanto, a emissora recebeu aproximadamente R$ 90 mil da Secom
Em dezembro, no entanto, a emissora recebeu aproximadamente R$ 90 mil da Secom -

A Jovem Pan perdeu verba publicitária do Governo Federal na gestão Lula (PT) por conta da disseminação de Fake News, afirmou o ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência, Paulo Pimenta (PT-RS).

O veículo de comunicação se tornou alvo do Ministério Público Federal (MPF) por ceder espaço a comentaristas que defenderam teses golpistas sobre as urnas eletrônicas.

Pimenta diz que seguiu entendimentos do Tribunal de Contas da União (TCU), embora a Jovem Pan não seja citada especificamente na decisão.

Em dezembro, no entanto, a emissora recebeu aproximadamente R$ 90 mil da Secom para veicular jingles da campanha de fim de ano do Governo Federal. Com informações do jornal Folha de S. Paulo.

Publicações relacionadas