Secretário de Comunicação elogia Atlasintel: "Destaque nacional" | A TARDE
Atarde > Eleições 2024 > Eleições estaduais

Secretário de Comunicação elogia Atlasintel: "Destaque nacional"

André Curvello disse, porém, que momento é delicado para falar em "restringir pesquisas que erram"

Publicado quinta-feira, 06 de outubro de 2022 às 09:27 h | Atualizado em 06/10/2022, 11:31 | Autor: Lucas Franco
"No Brasil e no mundo, os técnicos tentam rastrear os responsáveis (por fake news), mas é muito difícil, embora tenha evoluído", diz André Curvello
"No Brasil e no mundo, os técnicos tentam rastrear os responsáveis (por fake news), mas é muito difícil, embora tenha evoluído", diz André Curvello -

Combate às fake news e pesquisas eleitorais foram os temas da entrevista com o secretário de Comunicação do Governo do Estado, André Curvello, no programa Isso É Bahia, da Rádio A TARDE FM (103.9).

"A tecnologia dita os rumos da sociedade. A partir do advento das redes sociais e do incremento tecnológico cada vez mais veloz, você começa a conviver com redes sociais cada vez mais fortes, a exemplo do Whatsapp no Brasil", disse Curvello, na manhã desta quinta-feira, 6.

O secretário de Comunicação deu três exemplos de fake news durante a entrevista: as notícias falsas sobre combate à covid-19, privatização do Planserv e rompimento de barragem em Itabuna.

"É um assunto muito novo [combate às fake news]. No Brasil e no mundo, os técnicos tentam rastrear os responsáveis, mas é muito difícil, embora tenha evoluído", contextualiza.

Titular da pasta de Comunicação no Governo do Estado, Curvello elogiou o A TARDE. "Fez valer seu slogan 'saiu no A TARDE é verdade'", comentou o secretário, que também repercutiu sobre as pesquisas na Bahia durante a eleição estadual. "O Atlasintel se tornou um destaque nacional, pois acertou na eleição estadual do quarto colégio eleitoral. Desde 2006 são sucessivos erros", disse.

Curvello, porém, não faz coro aos questionamentos sobre institutos de pesquisa que erraram nas pesquisas. "Nosso país está em um momento muito delicado, muito quente para debatermos esse assunto", opina.

 

A Tarde FM
 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS