Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > a tarde + > ENTRETENIMENTO
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
29/05/2024 às 13:51 - há XX semanas | Autor: Da Redação

ENTRETENIMENTO

Luciano Szafir é acusado de falsidade ideológica e se defende; entenda

Segundo a ação, o empresário não teria vínculo com a empresa que o incluiu no benefício

Imagem ilustrativa da imagem Luciano Szafir é acusado de falsidade ideológica e se defende; entenda
-

O ator Luciano Szafir se pronunciou, por meio de seus advogados, sobre a acusação de falsidade ideológica feita por um plano de saúde.

Segundo a ação, o empresário não teria vínculo com a empresa que o incluiu no benefício e teria que devolver os valores usados.

Em 2021 o ator teria feito o primeiro contato com a instituição, onde prestou serviços de publicidade como influenciador digital e foi disponibilizado o plano para ele e mais três dependentes.

Entretanto, após a solicitação de mais alguns documentos, Luciano teve o contrato com a operadora anulado devido a falta de vínculo com a contratante.

O artista, então, abriu uma ação contra a empresa, alegando que possuía contrato de prestação de serviço. O plano acionou a justiça e pediu a extinção do contrato por falsidade ideológica e uso de documento falso.

Em nota, a defesa de Szafir confirmou o processo, que estaria em fase de recurso perante o Tribunal de Justiça de São Paulo.

"O processo judicial está em fase de recurso perante o Tribunal de Justiça de São Paulo, aguardando o julgamento do recurso de apelação em face da sentença proferida em primeira instância. Logo, a discussão judicial não finalizou".

Segundo a equipe que defende o ator, o ponto principal é o cancelamento abusivo e indevido da apólice de plano de saúde.

"A Bradesco Saúde aceitou a adesão do plano de saúde de todos os beneficiários da apólice e manteve o contrato vigente de junho/2021 até meados de agosto/2021, quando, então, recepcionou um pedido de cancelamento via Central de Atendimento, que, supostamente, teria partido do Sr. Luciano Lebelson Szafir".

Por fim, a defesa do ator afirmou que a alegação de falsidade ideológica partiu do próprio Szafir.

"É totalmente inverídica e inaceitável a afirmação de que o Sr. Luciano Szafir foi acusado de falsidade ideológica perante a Operadora de Saúde, pois a Operadora não abordou esse ponto na ação judicial e, repita-se, a afirmação desse crime foi suscitada pelo próprio Sr. Luciano, diante dos fatos já esclarecidos acima", finaliza a nota enviada à colunista Fábia Oliveira.

Assuntos relacionados

AÇÃO JUDICIAL Bradesco Saúde falsidade ideológica luciano szafir plano de saúde Tribunal de Justiça de São Paulo

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

AÇÃO JUDICIAL Bradesco Saúde falsidade ideológica luciano szafir plano de saúde Tribunal de Justiça de São Paulo

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

AÇÃO JUDICIAL Bradesco Saúde falsidade ideológica luciano szafir plano de saúde Tribunal de Justiça de São Paulo

Publicações Relacionadas

A tarde play
Play

Belle Daltro revela truque para ficar acordada em festas: "não guento"

Play

Após beber e tirar a roupa, mãe de Lexa se explica: "minha verdade"

Play

Ex-Poliana, Sophia Valverde se revolta contra o SBT: "Lixo"

Play

Tancredo Neves: operação policial apreende R$ 180 mil 1kg de cocaína

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA