Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > bahia > SALVADOR
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
24/05/2024 às 18:05 • Atualizada em 24/05/2024 às 18:36 - há XX semanas | Autor: Bernardo Rego e Silvânia Nascimento

"Empresários estão empurrando a categoria para greve", diz sindicato

Audiência de conciliação está marcada para segunda-feira, 27

Saída da Estação Mussurunga
Saída da Estação Mussurunga -

O imbróglio em torno da greve dos rodoviários continua e, ao que tudo indica, só a Justiça vai ser capaz de resolver. Está marcada uma audiência para a próxima segunda-feira, 27, às 11h, na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT5). Em conversa com a imprensa, o presidente licenciado do Sindicato dos Rodoviários, Helio Ferreira (Pc do B), disse que a situação está praticamente insustentável e, na visão dele, os empresários estão "empurrando" a categoria para uma greve.

"Nós já temos uma assembleia permanente para a próxima terça-feira, às 15 horas, lá no sindicato. É o limite da campanha salarial. Nós estamos na data base vigente, não podemos deixar passar esse mês de maio. Então a gente teve que colocar esse detalhe para cumprir esse rito e esse limite também da nossa campanha, até para proteger as nossas cláusulas da nossa convenção coletiva, para garantir as nossas cláusulas. Vimos que não estava avançando, então diante dessa situação convocamos logo a categoria para uma assembleia final. A gente não está querendo a greve. A gente só quer uma greve se realmente não atingir o nosso objetivo. A gente quer uma proposta que atinja o nosso objetivo, que contemple a categoria e possa evitar a greve", disse.

"[...] O que a gente vê hoje na mesa, o que os empresários apresentam hoje na mesa é empurrando a categoria para a greve. Eu acho que os empresários estão querendo fazer alguma coisa como eles fizeram em 2006, que eles empurraram a categoria para a greve e conseguiram retirar vários direitos dos trabalhadores", acrescentou Ferreira.

O procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT), Maurício Brito, informou que hoje foram encerradas as tentativas de negociação fora da justiça. Ele espera que, na Justiça do Trabalho, as negociações possam avançar para que se chegue a um acordo e que não haja greve.

Outro lado

O diretor do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Setps), Jorge Castro, disse que foram feitas diversas reuniões, mas que se chegou a um impasse e, por essa razão, entraram em dissídio que vai ser julgado pela Justiça do Trabalho. Segundo ele, o "dissídio coletivo de greve pode ser a solução da não greve desde que o julgamento seja rápido".

Castro salientou ainda que, caso não haja acordo, o julgamento da pauta não vai acontecer na segunda-feira porque não há tempo hábil em virtude dos trâmites processuais.

Assuntos relacionados

greve justiça rodoviários sindicato trabalho

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

greve justiça rodoviários sindicato trabalho

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

greve justiça rodoviários sindicato trabalho

Publicações Relacionadas

A tarde play
Saída da Estação Mussurunga
Play

VÍDEO: San Martin é palco de guerra de espadas durante a madrugada

Saída da Estação Mussurunga
Play

Igrejas neopentecostais modernizam cultos na busca por jovens

Saída da Estação Mussurunga
Play

Vídeo: Homem agredido em bar na Pituba fala pela 1ª vez; veja relato

Saída da Estação Mussurunga
Play

Vídeo: madrugada de terror em Tancredo Neves tem chuva de tiros

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA