Apresentador é afastado após dizer que mulher assediada "dá liberdade"

"A mulher, quando ela se impõe, ela impõe respeito", declarou Tony Lagos

Publicado quarta-feira, 13 de julho de 2022 às 16:32 h | Atualizado em 13/07/2022, 16:32 | Autor: Da Redação
Tony Lagos comandava o programa vespertino 'Voz do Litoral', da TVCI, no Paraná
Tony Lagos comandava o programa vespertino 'Voz do Litoral', da TVCI, no Paraná -

O apresentador Tony Lagos foi afastado nesta terça-feira, 12, do comando do programa vespertino 'Voz do Litoral', da TVCI, no Paraná. Ele declarou que mulheres são assediadas por dar liberdade aos agressores.

Ao comentar a notícia de um homem que assediou a mulher de um amigo e foi assassinado por ele, o apresentador declarou que a vítima deu liberdade.

"Para um homem, me desculpe, eu penso isso, quem pensa o contrário eu respeito também, mas para um homem chegar ao ponto de mexer com uma mulher, cantar, passar mão na mulher é porque também ela, ali atrás, ela também deu uma certa liberdade, porque a mulher, quando ela se impõe, ela impõe respeito, o homem não é burro, qual o homem que vai fazer gracinha ou vai querer passar a mão na mulher?".

A fala de Tony repercutiu negativamente e gerou uma série de comentários nas redes sociais, incluindo de famosos, que pediam seu desligamento.

Antes de ser desligado, Tony tentou se explicar e disse não ter afirmado que "a mulher do amigo se abriu para o cara".

"Eu falei que, muitas vezes, pode ser que aconteça isso também, mas em momento algum eu dei a minha opinião sobre exatamente aquele caso. Só para deixar claro, é que tem os oportunistas de sempre, que a gente já sabe quem são, que para mim tanto faz o que vocês falam ou deixam de falar, o telespectador entende o que eu quero dizer", afirmou.

Em nota, a emissora se desculpou e repudiou a opinião do contratado.

"A direção da emissora repudia qualquer forma de violência ou qualquer ato contra as mulheres e não compactua com a mesma opinião do apresentador. Em nome da TVCI, pedimos desculpas a todas as mulheres pelo infeliz comentário".

Publicações relacionadas