adblock ativo

Helena de 'Em Família' também terá momentos de vilã

Publicado segunda-feira, 03 de fevereiro de 2014 às 08:27 h | Atualizado em 03/02/2014, 09:41 | Autor: João Fernando | Agência Estado
Cena de Em Família, novela Globo
Cena de Em Família, novela Globo -
adblock ativo

Após meses do chororô interminável da Paloma de Amor à Vida, as lágrimas vão continuar a rolar na nova novela das 9 da Globo, Em Família, que estreia nesta segunda-feira, 3. Apesar de precisar de um lencinho a tiracolo, a protagonista não vai apenas sofrer com as maldades alheias. A última Helena do autor Manoel Carlos também vai deixar os outros com os olhos vermelhos.

"Acho que as Helenas, assim como qualquer outra personagem do Maneco, são humanas. Ele trata do nosso dia a dia. Como a gente tem a visão de mocinha que sempre faz o bem, o Maneco muda um pouco isso. Ela é apenas uma mulher comum, que é capaz de tomar atitudes muito erradas, mas é de coração bom. É humano", avalia Bruna Marquezine, que interpreta a personagem na segunda fase da nova trama.

Em Família marca a despedida das protagonistas com o mesmo nome, história que começou em Baila Comigo. Desta vez, ela terá três caras diferentes. Na primeira fase, no início dos anos 1980, que dura apenas um capítulo, quem encarna a jovem é Julia Dalavia. Em seguida, em uma segunda etapa ambientada no fim da mesma década, é a vez de Bruna Marquezine, que na terceira interpreta Luiza, filha de Helena. Nos dias atuais, o rosto da personagem é de Julia Lemmertz.

O enredo começa na fictícia cidade de Esperança, em Goiás, Estado onde a emissora teve dificuldade para alavancar a audiência. Lá, Helena desenvolve uma paixão por seu primo Laerte. Mesmo com a tensão familiar que o romance provoca, a situação fica ruim para valer quando Virgílio, amigo do playboy, também se apaixona por ela.

Em meio à disputa pelo coração da moça, Laerte tem uma briga física com Virgílio e, depois de um acidente, acredita ter matado o amigo. Ele, então, tenta se livrar do corpo quando está prestes a se casar com a amada. No altar, porém, a polícia chega e o leva. Na sequência, o jovem segue para uma temporada na Europa.

A trama salta para décadas mais tarde, em que Helena aparece casada com Virgílio, então vivido por Humberto Martins. Quando tudo parece tranquilo. Laerte, que a partir daí passa a ser interpretado por Gabriel Braga Nunes, retorna ao Brasil.

"Quando Helena sabe que ele vai voltar, tudo vem à tona. Ela tem ódio e um amor não consumado. Ficou uma coisa mal resolvida", conta Julia Lemmertz. É nesse momento que um outro lado da protagonista, que tentar esconder o passado da filha, aparece e os conflitos surgem. Numa cena, gravada há duas semanas, Luiza mexe em uma caixa de memórias da mãe e provoca sua ira. A briga foi tão intensa que as atrizes demoraram para conter os ânimos após a câmera parar de rodar.

"Foi uma cena violenta. Às vezes, a coisa pega, mas temos de nos recuperar para fazer a cena seguinte. No final, a gente se abraçou e se reconciliou", relembra Julia, que tentou criar uma relação com Bruna antes de a novela começar. "Quando a gente podia, ficava junto. Saiu para almoçar, para tomar sorvete. Era necessário esse convívio. Falo para todo mundo que me sinto a filha dela", derrete-se a jovem atriz.

Em família

A novela escrita pelo autor Manoel Carlos tem estreia marcada para esta segunda-feira, 3, às 21h10, na Globo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

adblock ativo

Publicações relacionadas