Brasil volta ao Conselho de Segurança da ONU após 10 anos

Publicado sexta-feira, 11 de junho de 2021 às 16:13 h | Atualizado em 11/06/2021, 16:14 | Autor: Da Redação

A Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) elegeu a Albânia, Brasil, Gabão, Gana e os Emirados Árabes Unidos para o Conselho de Segurança das Nações Unidas nesta sexta-feira, 11, para um mandato de dois anos a partir de 1º de janeiro de 2022.

Todos os cinco países concorreram sem oposição a uma vaga no órgão de 15 membros, encarregado de manter a paz e a segurança internacionais. Eles substituirão Estônia, Níger, São Vicente e Granadinas, Tunísia e Vietnã.

Para garantir a representação geográfica, os assentos são atribuídos a grupos regionais. Mas mesmo que os candidatos estejam concorrendo sem oposição em seu grupo, eles ainda precisam ganhar o apoio de mais de dois terços da Assembleia Geral da ONU.

Gana recebeu 185 votos, Gabão, 183 votos, Emirados Árabes, 179 votos, Albânia, 175 votos e Brasil, 181 votos.

O Brasil volta à cadeira após dez anos longe do conselho. Será o 11º mandato do país, o que o torna um dos mais frequentes ocupantes das cadeiras rotativas, ao lado do Japão.

Publicações relacionadas