CMS mantém veto à extinção de validade de créditos do Salvador Card | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

CMS mantém veto à extinção de validade de créditos do Salvador Card

Projeto de lei contou com 24 votos a favor da manutenção e dez contra

Publicado terça-feira, 22 de agosto de 2023 às 18:43 h | Atualizado em 22/08/2023, 19:21 | Autor: Gabriela Araújo
53ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Salvador (CMS) nesta terça-feira, 22
53ª sessão ordinária da Câmara Municipal de Salvador (CMS) nesta terça-feira, 22 -

Os vereadores de Salvador decidiram, na tarde desta terça-feira, 22, por manter o veto ao projeto de lei nº 130/2020, que dispõe sobre a extinção do prazo de validade do Salvador Card, com 24 votos a favor, dez contra e oito ausências. A proposta é de autoria da vereadora Marta Rodrigues (PT).   

O veto ao PL, de acordo com o prefeito Bruno Reis (União Brasil), deve-se ao atual sistema do transporte urbano que conta com um mecanismo de geração de "lotes de créditos" com datas limites de validade.

Em defesa do projeto da parlamentar, o vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB), que compõe a bancada de oposição na Câmara Municipal de Salvador (CMS), alegou que a proposta encaminhada pela vereadora foi vetado "por conveniência" e nega os direitos da população soteropolitana que usa os transportes públicos. 

A derrubada do veto contou com o apoio dos seguintes vereadores: da líder da oposição, Laina Crisóstomo (PSOL); Augusto Vasconcelos (PCdoB); Luiz Carlos Suíca (PT); Sílvio Humberto (PSB); Randerson Leal (PDT); Tiago Ferreira (PT); Arnando Lessa (PT); Marta Rodrigues (PT), autora do PL; Hélio Ferreira (PCdoB); e Carlos Muniz (PSDB), que passou o bastão para o vereador Isnard Araújo (PL), para votar a matéria.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS