Governo da Bahia lançará ação para fiscalizar acesso à água em shows | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Governo da Bahia lançará ação para fiscalizar acesso à água em shows

Medida foi anunciada pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos, Felipe Freitas, junto ao Procon Bahia

Publicado sábado, 18 de novembro de 2023 às 21:13 h | Atualizado em 18/11/2023, 21:18 | Autor: Da Redação
Bell Marques cantou os sucessos da carreira em esquenta para o Carnaval de Salvador
Bell Marques cantou os sucessos da carreira em esquenta para o Carnaval de Salvador -

O secretário estadual de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Felipe Freitas, anunciou neste sábado, 18, que a pasta iniciará a adoção de medidas junto ao Procon Bahia para fiscalizar o cumprimento da ação determinada pelo Ministério da Justiça, após a morte de Ana Clara Benevides - fã de Taylor Swift - que teve uma parada cardíaca motivada pela sensação térmica de 60°C no estádio em que acontecia o show da cantora norte-americana, no Rio de Janeiro. 

“Ao lado de Tiago Venâncio, Superintendente do Procon Bahia iniciamos as articulações para fiscalizar o cumprimento da Portaria do MJSP [Ministério da Justiça e Segurança Pública] que estabelece medidas de proteção à saúde em grandes eventos especialmente em períodos de alta temperatura”, escreveu o gestor,  no X, antigo Twitter. 

Na manhã deste sábado, 18, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, , através da Secretaria do Consumidor, determinou a liberação, a partir de hoje, da entrada de garrafas de água de uso pessoal em eventos no Brasil. 

O titular SJDH garantiu que o tema será incluído durante a realização das festas populares do Estado, em que deve ser proposto a oferta de água gratuita ao longo do percurso dos eventos. 

“A Secretaria de Justiça do estado da Bahia também incluirá o tema da oferta de água potável como um dos itens da pactuação com o setor público e provado nos Plantões Integrados dos Direitos Humanos nas festas populares. Água é vida!”, disse. 

Felipe Freitas ainda comentou sobre as mudanças climáticas que estão acontecendo no país, agravadas pelo fenômeno El Niño, e assegurou que a garantia ao acesso da água é questão de saúde pública. 

“As mudanças climáticas são uma realidade e as altas temperaturas, infelizmente, seguirão acometendo as nossas cidades. Garantir acesso a água nestas grandes aglomerações é medida de saúde pública e de preservação da vida”, concluiu. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS