Câmara dos Deputados vota nesta quarta se mantém prisão de Chiquinho | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Câmara dos Deputados vota nesta quarta se mantém prisão de Chiquinho

Brazão foi preso no dia 24 de março por ser suspeito de mantar matar a vereadora Marielle Franco

Publicado quarta-feira, 10 de abril de 2024 às 06:59 h | Atualizado em 10/04/2024, 07:40 | Autor: Da Redação
No plenário, é preciso ao menos 257 votos favoráveis para manter Brazão preso
No plenário, é preciso ao menos 257 votos favoráveis para manter Brazão preso -

A Câmara dos Deputados deve votar, nesta quarta-feira, 10, se mantém ou não a prisão do deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido), conforme adiantou a CNN.

Brazão foi preso no dia 24 de março por ser suspeito de matar a vereadora Marielle Franco (PSOL) em 2018 e o motorista dela, Anderson Gomes, também foi morto no atentado a tiros. A ordem de prisão foi dada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O primeiro passo na Casa é a conclusão da análise do caso na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A reunião está prevista para começar às 10h.

No último dia 26, houve um pedido de vista na CCJ, jogando o retorno da análise para esta quarta.

Após votação na Comissão, o caso segue para análise do plenário da Câmara. O presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), antecipou que pretende pautar o assunto nesta quarta.

No plenário, é preciso ao menos 257 votos favoráveis para manter Brazão preso. Ainda não há uma previsão clara sobre o resultado.

O Conselho de Ética também deve tratar de Brazão nesta quarta, a pedido do PSOL, partido de Marielle Franco, que, em última instância, pode resultar na cassação do mandato do deputado.

A expectativa é que seja definido o relator do caso no colegiado também nesta quarta. Cabe ao relator fazer um parecer, que será votado no futuro pelos integrantes do Conselho.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS