Comissão convida Guedes a explicar saída da Caixa e BB da Febraban

Publicado terça-feira, 31 de agosto de 2021 às 14:56 h | Atualizado em 31/08/2021, 14:59 | Autor: Da Redação

A Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira, 31, um convite para o ministro da Economia, Paulo Guedes, comparecer ao colegiado para explicar a ameaça do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal de deixarem a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Houve acordo na comissão para que o requerimento de convocação, apresentado pelo deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ), fosse transformado em convite. O ministro não é obrigado a comparecer.

Presidente da comissão, Ribeiro afirmou que os dirigentes dos dois bancos estatais devem “se debruçar com seus técnicos em suas salas de reuniões enormes e confortáveis e pensar como socorrer milhões brasileiros desempregados”. "Perdemos o foco, conseguimos desempregar até o desempregado (...) Quando o governo perde o foco do que realmente o cidadão precisa e gasta o seu tempo em usar instituições com viés político a luz amarela tem que acender", disse.

A ameaça de desfiliação dos bancos da entidade veio após a Febraban aderir a uma nota crítica à "escalada de tensões e hostilidades entre as autoridades públicas".

Vice-líder do governo na Câmara, o deputado Sanderson (PSL-RS) informou que Guedes pode comparecer no dia 29 de setembro para dar explicações aos parlamentares. O deputado afirmou que o ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, também está disposto a ir à comissão.

Também foi aprovado requerimento para realização de audiência pública com os presidentes da Caixa e Banco do Brasil para debater o tema.

Publicações relacionadas