adblock ativo

Conselho de Ética arquiva processo contra Slhessarenko

Publicado terça-feira, 28 de novembro de 2006 às 12:51 h | Atualizado em 28/11/2006, 12:51 | Autor: Agencia Estado
adblock ativo

O Conselho de Ética do Senado aprovou hoje por unanimidade parecer do relator Paulo Otávio (PFL-DF), que pede o arquivamento do processo contra a senadora Serys Slhessarenko (PT-SC). A senadora foi uma das três parlamentares citados pela CPI das Sanguessugas por suposto envolvimento com a máfia das ambulâncias. Paulo Otávio afirma que "não há evidências da participação da senadora em desvio de recursos financeiros decorrentes de emendas orçamentárias em benefício próprio ou de terceiros".

Neste momento, o senador Demostenes Torres (PFL-GO), relator do processo contra Magno Malta (PL-ES), outro acusado de suposto envolvimento na Máfia das ambulâncias, está lendo o seu parecer. Nele Torres afirma que os depoimentos que ouviu na tramitação do processo estão recheados de mentiras e traição. Ele lembra que integrantes da família Vedoin, principal responsável pelo esquema das ambulâncias, afirmam que foram traídos pelo senador, enquanto que em outro testemunho, o deputado Lino Rossi (PP-MT) "mente deslavadamente" quando afirma ser seu o veículo que foi usado por Magno e que segundo os Vedoin pertenceria ao senador capixaba. No final, o relator afirma que em face que a inequívoca insuficiência de provas, vota pelo arquivamento do processo disciplinar instaurado contra Magno Malta.

adblock ativo

Publicações relacionadas