adblock ativo

CPI vê provocação em ida de Queiroga ao CFM e agenda depoimento

Publicado às | Atualizado em 07/10/2021, 18:32 | Autor: Da Redação
Ministro prestará terceiro depoimento à comissão | Foto: Wilson Dias | Agência Brasil
Ministro prestará terceiro depoimento à comissão | Foto: Wilson Dias | Agência Brasil -
adblock ativo

A cúpula da CPI da Covid decidiu nesta quinta-feira, 7, agendar para o dia 18 de outubro o terceiro depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo.

Mais cedo, a comissão havia aprovado a convocação de Queiroga, mas deixado a data ainda em aberto. A decisão de agendar o depoimento teria ocorrido, de acordo com a coluna, porque o colegiado considerou uma provocação a ida do ministro, também nesta quinta, ao Conselho Federal de Medicina (CFM) para uma reunião com a entidade.

O CFM é acusado pelos parlamentares de ser o fiador do chamado tratamento precoce e houve pressão para que o presidente da instituição, Mauro Ribeiro, fosse convocado a depor. Na quarta-feira, 6, o senador Renan Calheiros, relator da CPI, informou que Ribeiro passa a integrar a lista de investigados da comissão, mesmo sem ser chamado a depor.

Além disso, a irritação em relação a Queiroga teria aumentado porque o ministro não respondeu um questionário enviado pela comissão, vencido o prazo de 48 horas.

adblock ativo

Publicações relacionadas