Expansão territorial da milícia seria motivação para matar Marielle | A TARDE
Atarde > Política

Expansão territorial da milícia seria motivação para matar Marielle

Investigadores da Polícia Federal ainda trabalham para definir o motivo do crime

Publicado domingo, 24 de março de 2024 às 08:34 h | Atualizado em 24/03/2024, 09:32 | Autor: Da Redação
Marielle Franco foi morta em março de 2018
Marielle Franco foi morta em março de 2018 -

A motivação de assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco pode estar ligada à expansão territorial de milícia no Estado, segundo informações já conhecidas até o momento. Investigadores da Polícia Federal (PF) ainda trabalham para definir o motivo do crime.

Neste domingo, 24, a Operação Murder Inc. prendeu três suspeitos do assassinato: Domingos Brazão, atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Chiquinho Brazão, deputado federal do Rio de Janeiro, e Rivaldo Barbosa, ex-chefe de Polícia Civil do Rio logo após a homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) da delação premiada do ex-policial Ronnie Lessa, preso desde 2019, acusado de ser um dos executores do crime.

Em nota, o Ministério Público do Rio de Janeiro afirmou que "a operação conjunta tem como alvos os autores intelectuais dos crimes de homicídio, de acordo com a investigação" e que "também são apurados os crimes de organização criminosa e obstrução de justiça".

Publicações relacionadas