adblock ativo

STF prorroga investigação contra Bolsonaro sobre vazamento de inquérito

Publicado às | Atualizado em 18/10/2021, 19:40 | Autor: Da Redação
Moraes deu mais 60 dias para a investigação. | Foto: Antonio Cruz/ Ag. Brasil
Moraes deu mais 60 dias para a investigação. | Foto: Antonio Cruz/ Ag. Brasil -
adblock ativo

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, prorrogou nesta segunda-feira, 18, a investigação que apura se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime ao divulgar um relatório sigiloso da Polícia Federal durante uma live.

Moraes deu mais 60 dias para a investigação, que apura também possível crime do deputado Felipe Barros (PS), que teria passado o documento ao presidente e participado da live.

Durante live nas redes sociais, Bolsonaro usou o relatório para comprovar que havia vulnerabilidade nas urnas eletrônicas. Em agosto, Moraes acatou o pedido de investigação feito pelo Tribunal Superior Eleitoral.

A notícia-crime acusa ainda o presidente Bolsonaro de ter espalhado mentiras contra instituições, inclusive contra o presidente do TSE, Luis Roberto Barroso.

adblock ativo

Publicações relacionadas