Acusado de matar mulher no Cabula tem prisão convertida em preventiva | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Acusado de matar mulher no Cabula tem prisão convertida em preventiva

Segundo a Polícia Civil, o suspeito confessou a autoria dos disparos que atingiram vítima

Publicado quarta-feira, 05 de abril de 2023 às 08:40 h | Atualizado em 05/04/2023, 09:17 | Autor: Da Redação
Sepultamento da técnica de enfermagem aconteceu na segunda-feira, 3, no Cemitério Bosque da Paz
Sepultamento da técnica de enfermagem aconteceu na segunda-feira, 3, no Cemitério Bosque da Paz -

O jovem de 21 anos, suspeito de assassinar a técnica de enfermagem Silvana Conceição de Jesus, de 36, durante uma tentativa de assalto em uma loja de açaí, no bairro do Cabula VI, em Salvador, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva na terça-feira, 4.

Segundo parecer, o Ministério Público do Estado da Bahia opinou pela decretação da prisão preventiva do acusado. Em decisão proferida na terça-feira, a Justiça decidiu que o acusado deveria ter a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva. Conforme a Polícia Civil, o suspeito confessou ter sido o autor dos disparos que atingiram Silvana.

A vítima estava com uma amiga no estabelecimento no último domingo, 2, quando foi surpreendida por dois homens armados em uma motocicleta, que anunciaram o assalto. Um dos suspeitos foi baleado pelo proprietário da loja. Ao revidar, o acusado atingiu Silvana no tórax. Ela foi levada para o Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), mas não resistiu aos ferimentos. Já o acusado, que ficou ferido, sobreviveu e foi preso após receber alta hospitalar.

O sepultamento da técnica de enfermagem aconteceu na segunda-feira, 3, no Cemitério Bosque da Paz.

Publicações relacionadas