Alunos envolvidos em caso de racismo são proibidos de renovar matrícula

Publicado quarta-feira, 24 de novembro de 2021 às 08:20 h | Atualizado em 24/11/2021, 08:23 | Autor: Redação

O Colégio Portinari, no Costa Azul, anunciou nesta terça-feira, 23, que não renovará a matrícula dos alunos envolvidos no caso de racismo que aconteceu na semana passada, em que uma aluna negra sofreu ataques em grupo de Whatsapp.

Medidas imediatas foram tomadas, como o afastamento desses estudantes e atendimento às famílias para esclarecimento sobre a gravidade do episódio, mas a decisão sobre a proibição de renovação de matrícula veio após acompanhamento do caso pelo Conselho de Classe, órgão deliberativo do colégio.

“Nossos esforços sempre estiveram norteados pelo compromisso de promover uma consciência solidária e empática onde não caiba qualquer atitude ou pensamento discriminação e/ou preconceito junto aos nossos estudantes e colaboradores”, se pronunciou o colégio, em nota.

Publicações relacionadas