Obras do governo do Estado vão gerar mais de 10 mil empregos, diz Rui Costa

Publicado terça-feira, 26 de novembro de 2019 às 21:11 h | Atualizado em 26/11/2019, 21:42 | Autor: Da Redação

O governador Rui Costa afirmou que juntas, as obras da linha três do metrô, nova rodoviária e VLT devem criar cerca de 10 mil novos postos de trabalho, geridos pelo Sine Bahia. O anúncio foi feito nesta terça-feira, 26, durante a exibição do seu programa ao vivo, "Papo Correria".

"No ponto mais alto das obras, estamos estimando que as três obras: rodoviária, metrô e VLT, vão empregar 10 mil trabalhadores da construção civil", destacou.

De acordo com o governador, a assinatura para autorização da Ordem de Serviço da construção da linha três acontece no dia 9 de dezembro. O trecho tem cerca de cinco quilômetros e duas estações, sendo uma localizada nas imediações da Brasilgás, e a outra na entrada de Águas Claras.

Já na próxima terça-feira, 3, Rui assina o contrato da nova rodoviária, em Águas Claras. O prazo de conclusão para a conclusão é de dois anos, quando também, segundo ele, fica pronta a estação próxima ao terminal. Na mesma semana, na quinta-feira, 5, o gestor assina a ordem de serviço para o início da construção do VLT.

Novas estações

Dando prosseguimento ao anúncio das obras, Rui contou que em breve serão inauguradas também as estações de metrô Campo Grande, Barra e Graça. A primeira da fila, cuja ideia é entregar até o final do mandato, é a do Campo Grande, com a proposta de beneficiar moradores das regiões Garcia, Canela, Vitória e Politeama.

"Estamos concluindo em dezembro, os estudos da estação do metrô lá do Campo Grande", declarou. Após os estudos, Rui irá licitar o anteprojeto, e em seguida, o começo da obra.

"Vamos correr, no ritmo da correria, para até o final do meu mandato, termos pelo menos, a estação Campo Grande funcionando", disse Rui. 

Publicações relacionadas