Paralisação de ônibus pode retornar mesmo com acordo salarial; entenda | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Paralisação de ônibus pode retornar mesmo com acordo salarial; entenda

Vice-presidente do sindicato, Fábio Primo esclaresceu situação ao Portal A TARDE

Publicado terça-feira, 30 de abril de 2024 às 08:47 h | Atualizado em 30/04/2024, 10:56 | Autor: Alex Torres e Osvaldo Barreto

O vice-presidente do Sindicato dos Rodoviários, Fábio Primo, confirmou ao Portal A TARDE, na manhã desta terça-feira, 30, que a mesa de negociações foi reaberta com os empresários do setor e um novo encontro está previsto para acontecer no dia 2 de maio. 

Além da questão do reajuste salarial, entre outros benefícios como integração de transporte e vale-refeição, a categoria também denúncia um suposto assédio praticado por parte da diretoria da OTtrans.

"Temos alguns pontos cruciais na campanha salarial, como integração do metrô, o reajuste com a inflação mais 4%, além de 10% dos tickets, entre outros pontos. Isso sem esquecer do assédio moral que essa empresa faz com os trabalhadores. O diretor operacional dessa empresa está voltando há 100 anos, tratando trabalhadores como escravos", afirmou.

Veja também: Saiba quais são os bairros atingidos pela mobilização dos rodoviários

Sobre a denúncia, Primo afirma que existe a possibilidade de que, mesmo com o acordo financeiro, a categoria siga mobilizada. "Esperamos que tudo isso seja resolvido, porque pode ser que a gente resolva essa questão da campanha salarial, mas continue as paralisações na OTtrans por conta dessas perseguições".

Neste primeiro momento, a previsão é que o fluxo de veículos volte a ser totalmente normalizado, pelo menos enquanto as novas conversas não acontecem. A possibilidade de greve também segue afastada por enquanto.

"Se a mesa está reaberta, não tem porque ocorrer manifestação. A gente volta a mesa no próximo dia 2, às 9h, na sede da Integra, para uma nova rodada de negociações. Esperamos que a gente chegue em um denominador comum para que não seja necessário que ocorra uma greve por tempo indeterminado", completou. 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS