Vacinação em Salvador só atende público de 2ª dose nesta segunda

Publicado segunda-feira, 14 de junho de 2021 às 07:25 h | Atualizado em 14/06/2021, 07:25 | Autor: Tácio Caldas*

A Prefeitura do Salvador em conjunto com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promove nesta segunda-feira, 14, o Arraiá da 2ª dose. A campanha será exclusiva para este público com o intuito de completar o esquema vacinal das pessoas que já tomaram a 1ª dose com data de retorno até o próximo dia 24.

O serviço será ofertado, das 8h às 16h, em 38 pontos de vacinação entre locais com drive-thru e pontos fixos. Já o atendimento para os indivíduos dos demais públicos está suspenso.

Serão aplicados os imunizantes da Oxford para drive: Centro de Convenções (Boca do Rio), 5º Centro de Saúde (Barris), FBDC Brotas, Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos), Parque de Exposições (Paralela), Arena Fonte Nova (Nazaré), FBDC Cabula, Faculdade Universo (Avenida ACM), Shopping Bela Vista, Universidade Católica do Salvador – Campus Pituaçu, Universidade Federal da Bahia - Campus Ondina e Vila Militar (Dedezeiros). Os pontos fixos serão: USF Santa Luzia (Engenho Velho de Brotas), USF Vila Nova de Pituaçu, USF João Roma Filho (Jardim Nova Esperança), USF Curralinho, 5º Centro de Saúde, USF Vista Alegre, Universidade Católica (Pituaçu), USF Cajazeiras X, FBDC Brotas, USF Plataforma, USF Colinas de Periperi, USF Eduardo Mamede (Mussurunga), Parque de Exposições, USF Vale do Matatu, USF Federação, USF Teotônio Vilela II (Nova Brasília de Valéria), USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Pirajá, UBS Ramiro de Azevedo (Campo da Pólvora), USF Resgate, USF Cajazeiras V e Clube dos Oficiais da Polícia Militar (Dendezeiros).

Para a CoronaVac os pontos de drive será o Barradão (Canabrava) e os pontos fixos serão: Barradão e UBS Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras).

"Estamos empenhando todos os esforços para que todos na cidade tenham acesso às duas doses da vacina contra a Covid-19. A antecipação da aplicação não gera nenhum prejuízo em relação à eficácia da imunidade conferida pelas vacinas", pontuou o secretário da SMS, Leo Prates.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

Publicações relacionadas