adblock ativo

EUA tentam retomar Rodada Doha, diz funcionário norte-americano

Publicado sexta-feira, 15 de setembro de 2006 às 21:02 h | Atualizado em 15/09/2006, 21:02 | Autor: Agência Reuters
adblock ativo

Os Estados Unidos estão tentando retomar a chamada Rodada Doha das negociações comerciais globais, suspensa em julho por divergências especialmente agrícolas, disse nesta sexta-feira Everett Eissenstat, representante-assistente de Comércio dos EUA para as Américas.



Segundo ele, os EUA estão "ouvindo e trabalhando" com seus parceiros comerciais para que haja um acordo forte e significativo.



"A embaixadora Susan Schwab (representante de Comércio dos EUA) vem circulando o globo, trabalhando com os nossos parceiros para levar as negociações de Doha de volta aos trilhos. Ela vai à Austrália muito em breve", disse ele a jornalistas durante uma conferência sobre América Latina em Miami, sem especificar quando as negociações poderiam ser retomadas.



"Acreditamos que para afinal haver sucesso é preciso ter um bom acesso a mercados, do contrário não há comércio. Se os acordos forem cheios de exceções e buracos, eles não significam muita coisa", acrescentou.



A Rodada Doha, lançada em 2001 pela Organização Mundial do Comércio (OMC) com o objetivo de liberalizar o comércio global, foi suspensa há dois meses por três razões principais: os subsídios agrícolas dos EUA, as tarifas de importação agrícola da União Européia e o acesso de serviços e produtos industriais aos mercados dos países emergentes.



Segundo Eissenstat, Schwab já usou uma recente visita ao Brasil para se reunir com o G20 (bloco de países em desenvolvimento), e, este mês, deve acompanhar na Austrália a reunião do Grupo de Cairns, que reúne países agrícolas.



adblock ativo

Publicações relacionadas