adblock ativo

Hidrovia do São Francisco começará a ser recuperada

Publicado quarta-feira, 27 de setembro de 2006 às 20:18 h | Atualizado em 27/09/2006, 20:18 | Autor: Agência Brasil
adblock ativo

A navegabilidade do Rio São Francisco começará a ser recuperada em um trecho de 12 quilômetros no município baiano de Barra, com obras executadas pelo Exército, a partir de tecnologia aplicada pela Fundespa (Fundação de Estudos e Pesquisas Aquáticas), ligada ao Instituto de Oceanografia da Universidade de São Paulo (USP).



O convênio assinado hoje (27) integra o projeto de revitalização do rio e prevê investimento inicial de R$ 11,5 milhões, com o objetivo de facilitar o escoamento da produção agrícola e também o transporte da população. Além da retirada de areia do fundo do rio, o trabalho inclui a recuperação das matas nas margens.



O presidente da Codevasf, Luiz Carlos de Farias, destacou o impacto positivo da obra para a economia das cidades ribeirinhas: "Com ela, estaremos recuperando a força do rio e permitindo que ele seja navegável, o que facilitará a integração da população de diversas cidades".



A previsão é de que as obras durem um ano e que o trabalho feito nessa primeira etapa sirva de base para os 320 quilômetros de extensão da hidrovia do São Francisco, que vai do município de Ibotirama (BA) até a região de Juazeiro-Petrolina, na divisa dos estados da Bahia e de Pernambuco. Nesse trecho, 504 municípios serão beneficiados.



adblock ativo

Publicações relacionadas