Número de brasileiros com contas atrasadas bate novo recorde

Dados apontam apontam alta de 200 mil pessoas em relação ao mês anterior

Publicado quinta-feira, 04 de agosto de 2022 às 16:21 h | Atualizado em 04/08/2022, 16:21 | Autor: Da Redação
Aumento de inadiplentes é menor que a média registrada em outros meses
Aumento de inadiplentes é menor que a média registrada em outros meses -

O número de pessoas inadiplentes no Brasil chegou a 66,8 milhões, segundo dados de divulgados pelo Serasa Experian nesta quinta-feira, 4.

A maioria das dívidas, 27,8%, são do segmento de bancos e cartões. Em seguida vêm contas básicas como água, luz e gás, com 22,6%, e em terceiro lugar, fica o setor de varejo, com 13,2%. Por fim está o setor de financeiras, com 12,5%.

As informações referem-se ao mês de junho e apontam alta de 200 mil pessoas em relação ao mês anterior. Apesar de expressiva, o aumento de inadiplentes é menor que a média de 400 mil registrada em outros meses.

Segundo o economista do Serasa Experian, Luiz Rabi, o acesso a recursos financeiros podem justificar estes dados.

“A antecipação do 13º salário dos aposentados e os saques especiais do FGTS, por exemplo, possivelmente atenuaram a trajetória de crescimento da inadimplência, pelo menos no mês de junho”, explica.

No ranking de estados, a Bahia ocupa a quarta posição, com  mais de 4 milhões de inadiplentes. No topo da lista está São Paulo, com mais de 15 milhões de pessoas com contas atrasadas.

Durante o mês de agosto acontecerá o Serasa Limpa Nome. Segundo o diretor da ação, Ignacio Dameno, esta será "a maior ação de negociação com parcelamento sem juros já realizada no Brasil".

Imagem ilustrativa da imagem Número de brasileiros com contas atrasadas bate novo recorde
 

Publicações relacionadas