“Está muito perto", avalia Vitor Ferraz sobre SAF no Bahia

O vice-presidente do Tricolor também falou do acordo com o banco Opportunity

Publicado quinta-feira, 14 de julho de 2022 às 13:12 h | Atualizado em 14/07/2022, 14:20 | Autor: Marcos Valença
Acordo com o Opportunity deve ser firmado ainda em julho
Acordo com o Opportunity deve ser firmado ainda em julho -

Tema bastante recorrente entre os torcedores do Bahia, a SAF do Tricolor parece estar próxima de ser apresentada ao Conselho Deliberativo do Clube nos próximos dias. Em entrevista ao portal A Tarde, o Vice-presidente do Bahia, Vitor Ferraz, comentou sobre o assunto e a possibilidade do acordo para quitar o débito com o banco Opportunity.

“São temas que estão em paralelo. Eles não se comunicam, mas quando se avalia a repercussão econômica ter uma questão como essa resolvida ajuda no processo. Sobre a SAF, o presidente (Guilherme Bellintani) deu declarações recentes e de fato  evoluímos bastante estamos mais perto de ter condições de levar aos nossos conselheiros e sócio uma proposta mais detalhada para compreender e dar oportunidade de tomar decisão. Em resumo está muito próximo, mas é um processo complexo”, disse Vitor Ferraz.

Leia Mais:

>>> SAF gera esperança em torcedores, mas também questionamentos | A TARDE

Sobre o acordo com o Opportunity, que é especulado em R$ 100 milhões e deve ter uma redução de até 60% segundo o presidente Guilherme Bellintani em entrevista ao InfoBahêa, a expectativa é que o parecer seja apreciado pelo Conselho Deliberativo até o final de julho.

“É um tema que temos que ter muito cuidado com qualquer palavra para não ser uma manifestação inadequada e não gerar nenhum tipo de problema. Mas o acordo está caminhando para uma boa resolução, dentro de uma circunstância possível considerando a situação atual do clube. Vale lembrar que esse valor faz parte do processo completo que envolve a constituição do Esporte Clube Bahia SA em 1998 que teve distrato em 2006 e gerou uma série de obrigações que o Bahia deveria cumprir. Essa é uma resolução de um problema para que o Bahia consiga honrar o acordo”, explicou o vice-presidente.

A proposta de acordo foi enviada para o Conselho Fiscal do Bahia e está sendo avaliado para na sequência ser apreciado pelo Conselho Deliberativo do clube.

Publicações relacionadas