adblock ativo

Lula chama Neto de mentiroso em comício

Publicado quarta-feira, 24 de outubro de 2012 às 16:22 h | Atualizado em 19/11/2021, 05:07 | Autor: Da Redação e Agência Estado
Comício com Lula
Comício com Lula -
adblock ativo

Quatro dias após a visita da presidente Dilma Rousseff, o candidato a prefeito de Salvador, Nelson Pelegrino (PT), trouxe a Salvador, pela segunda vez, mais uma arma que considera essencial para sua vitória no segundo turno. Na manhã desta quarta-feira, 28, o postulante petista realizou comício no bairro de Paripe (Subúrbio Ferroviário), acompanhado do ex-presidente do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva.

Mesmo com um discurso breve, já que estava com uma voz rouca e só pôde falar durante cinco minutos, Lula usou o pouco tempo que teve para desferir severas críticas para o candidato ACM Neto (DEM), concorrente de Pelegrino ao pleito municipal. Em uma das oportunidades, chegou a chamar o democrata de mentiroso. "Ele plantou uma mentira sórdida de que foi o avô dele que criou o Bolsa Família", relatou.

Como fez na última vez em que esteve na capital baiana, no último dia 14 de setembro, o ex-presidente lembrou o episódio em que Neto insinuou que poderia dar-lhe uma surra.

Críticas -  Os ataques do ex-presidente chegaram ao prefeito João Henrique - que integra um partido da base do governo federal, o PP. "Não é nossa responsabilidade se o atual prefeito é um fracassado e não fez as coisas que prometeu", alegou. "Depois de um prefeito que não fez o que prometeu, a gente não vota no pior, a gente vota no melhor. Nós temos história. É só ir a qualquer cidade que o PT governou que a gente vai perceber que o PT governou melhor do que eles (DEM)."

Ao fim do curto discurso, Lula lembrou que completa 67 anos no sábado - disse estar "parecendo um menino de 30" - e pediu, "do fundo do coração", votos para Pelegrino como "presente". "Porque eu não acredito que tenha alguém que ame mais o povo brasileiro do que eu, que tenha alguém que trate o pobre com mais respeito do que eu", argumentou. "Então, em nome dessa relação, em nome dessa lealdade entre nós, que queria pedir de presente para o povo de Salvador, a eleição de Pelegrino."

O discurso foi encerrado com um "Parabéns para Você" das cerca de 1,5 mil pessoas presentes no evento, puxado pelo governador Jaques Wagner (PT).

adblock ativo

Publicações relacionadas