adblock ativo

Rapper baiano Yan Cloud aposta na mistura do trap com funk em nova música

Publicado sexta-feira, 27 de setembro de 2019 às 18:20 h | Atualizado em 27/09/2019, 19:33 | Autor: Ashley Malia | Foto: Iury Tailan | Divulgação
Yan Cloud aborda em suas músicas situações cotidianas, além de questões sociais e raciais
Yan Cloud aborda em suas músicas situações cotidianas, além de questões sociais e raciais -
adblock ativo

Buscando falar sobre o baile funk e a presença da mulher que tem autoconfiança, o rapper baiano Yan Cloud apostou na mistura do trap com o funk na nova música, "Muito Má", lançada nesta sexta-feira, 27, em todas as plataformas digitais. Divulgada pelo selo Isé, a faixa tem produção da Bonke Music, beat de Renkai e mixagem e masterização de Faustino Beats.

"Eu quis falar sobre o 'joguinho de maldade' do baile funk, sobre o cara descrevendo a mulher que ele está 'viajando' muito, e ela é muito 'barril', mas no sentido de que ela sabe que tem autoestima, tem autoconfiança", descreveu o artista, em entrevista ao Portal A TARDE.

Dono de hits como "Nem Precisa de Refrão" e "My Dream", que já foram destaques em playlists do Spotify, o jovem de 22 anos contou que sempre teve vontade de misturar estilos, mas não tinha muito contato com pessoas que faziam isso. "Eu tinha muito contato com o ciclo do rap. Aí eu conheci Nessa e [Bruno] Zambelli, e depois com 'Que Calor', eu tive contato com essas vertentes do pagode e trap", destacou, mencionando a faixa "Que Calor", parceria do artista com a cantora Nêssa e Nininha Problemática.

Yan Cloud aborda em suas músicas situações cotidianas, além de questões sociais e raciais. Suas obras relatam a autoestima da população negra e a valorização dos relacionamentos afrocentrados, através da mistura de vários ritmos, mas sem perder a conexão com o rap.

Ouça abaixo a música "Muito Má":

adblock ativo

Publicações relacionadas