adblock ativo

Cássio rebate críticas e diz que corintianos de verdade o respeitam

Publicado sexta-feira, 09 de setembro de 2016 às 10:00 h | Atualizado em 19/11/2021, 07:41 | Autor: Ciro Campos | Estadão Conteúdo
adblock ativo

O goleiro Cássio desabafou sobre algumas críticas recebidas por parte da torcida corintiana. O titular do time perdeu a vaga para Walter em algumas partidas nos últimos meses e disse ao deixar o Itaquerão após a vitória por 3 a 0 sobre o Sport, pelo Campeonato Brasileiro, que lidou com os ataques por confiar no seu trabalho.

"A gente tem que ter maturidade para trabalho. O verdadeiro corintiano sempre me respeitou", disse Cássio. O goleiro está no clube desde 2012, quando participou de uma era vitoriosa, com títulos da Libertadores, do Mundial de Clubes, da Recopa Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro, obtido no ano passado. O jogador disse confiar em nova conquista nacional neste ano. "Vamos precisar mais da força coletiva. Temos menos talentos individuais do que em 2015", afirmou.

Ainda sob o comando de Tite, Cássio amargou a reserva durante alguns jogos. Nesse período, criticou o trabalho do preparador de goleiros da equipe, Mauri Lima, e rebateu ataques de Rubinho, goleiro revelado pelo Corinthians e que fez carreira no futebol italiano. O agora titular retomou a posição com a contratação de Cristóvão Borges, em junho.

Um dos remanescentes da Libertadores de 2012, ele pediu para que seja valorizada a campanha atual do clube, por se tratar de uma reconstrução após a base do time na última temporada ter deixado o elenco. Cássio afirmou ainda que o sonho de título passa por uma vitória na Vila Belmiro, onde joga clássico com o Santos, no domingo. "Não podemos achar que o Santos estará mais fraco sem os suspensos. Vamos tentar os três pontos", disse, em referência à suspensão do artilheiro adversário, Ricardo Oliveira, do meia Lucas Lima e do lateral Victor Ferraz.

adblock ativo

Publicações relacionadas