Clubes da Série A decidem criar liga com intuito de organizar o Brasileirão

Publicado terça-feira, 15 de junho de 2021 às 17:49 h | Atualizado em 15/06/2021, 17:56 | Autor: Da Redação

Os clubes da Série A entregaram, nesta terça-feira, 15, no Rio de Janeiro, um documento no qual concordam em fundar uma liga com o intuito de organizar o Campeonato Brasileiro. Atualmente, o torneio nacional de pontos corridos é um produto da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Ao todo, 19 dos 20 clubes assinaram o documento. A única exceção ficou por conta do Sport Club Recife, mas não por oposição à ideia. O  clube encontra-se sem presidente, uma vez que Milton Bivar pediu renúncia nesta terça-feira e novas eleições ainda não foram agendadas.

“Comunicar a decisão da criação imediata de uma Liga de futebol no Brasil, que será fundada com a maior brevidade possível e que passará a organizar e desenvolver economicamente o Campeonato Brasileiro de Futebol. Além dos Clubes signatários, os Clubes da Série B serão convidados a integrara a Liga”, diz trecho do documento (confira na íntegra abaixo).

O projeto foi entregue à direção da entidade máxima do futebol brasileiro em uma reunião realizada nesta terça-feira, na sede da CBF. A ideia seria que o novo campeonato começasse a ser organizado já a partir da próxima temporada.

As articulações para a elaboração do documento já dura algumas semanas. No entanto, o afastamento do presidente Rogério Caboclo, após acusações de assédio, serviram para intensificar ainda mais o projeto.

O encontro desta tarde contou com o presidente interino, Antônio Carlos Nunes, vice-presidentes e diretores da entidade. Além disso, outros temas também foram colocados em pauta, mas a criação da liga é considerada prioritária pelos clubes, que também disso desejam maior participação em decisões tomadas pela entidade.

“Dentre os itens desta alteração estatutária, necessariamente deve ser incluída a votação igualitária nas eleições para escolha do Presidente e Vice-Presidentes da CBF, sendo certo que Federações e Clubes das Séries A e B terão seus votos contados de forma unitária e com o mesmo peso entre si”, solicitaram os clubes.

Atualmente, o estatuto da CBF prevê pesos diferentes nos votos de federação e clubes das Séries A e B. Os votos das 27 federações têm peso 3 (totalizando 81), os votos dos 20 clubes da Série A têm peso 2 (40) e os votos dos clubes da Série B têm peso 1 (20).

O artigo 24 do estatuto da entidade nacional diz que para que uma liga seja criada, se faz necessário a aprovação da Assembleia Geral Administrativa. Ou seja, para tirar o poder das mãos das federações estaduais, seria preciso que essas mesmas federações aprovassem.

Publicações relacionadas