adblock ativo

Lesionado, Djokovic desiste do Masters de Paris

Publicado sexta-feira, 11 de novembro de 2011 às 08:57 h | Atualizado em 11/11/2011, 08:57 | Autor: Agência Estado
adblock ativo

Novak Djokovic desistiu de continuar disputando o Masters 1.000 de Paris, no qual enfrentaria o francês Jo-Wilfried Tsonga nesta sexta-feira, pelas quartas de final. O tenista sérvio alegou uma lesão no ombro direito como motivo para abandonar a competição que antecede o ATP Finals, torneio que reunirá os oito melhores tenistas da temporada a partir do próximo dia 20, em Londres.

Com isso, Tsonga avançou à semifinal sem precisar jogar e agora espera pela definição do vencedor do duelo entre o espanhol David Ferrer e o norte-americano John Isner, que se encaram nesta sexta-feira.

Djokovic lamentou o fato de ter de abandonar a competição francesa após sucumbir diante de uma lesão que já o fez desistir na final do Masters 1.000 de Cincinnati, onde Andy Murray acabou se sagrando campeão. Depois, atrapalhado pelas dores no ombro, o sérvio acabou surpreendido pelo japonês Kei Nishikori na semifinal do Torneio de Basileia, no último sábado.

Nesta quinta-feira, o líder do ranking mundial deu novos sinais de que não estava 100% fisicamente ao jogar 3 sets para vencer o seu compatriota Viktor Troicki, de virada, nas oitavas de final em Paris.

"Queridos fãs e amigos, tristemente eu tenho de informar a vocês que tenho de abandonar o torneio. Eu me esforcei ao máximo para jogar e, depois da partida de ontem [quinta], meu ombro piorou", lamentou Djokovic, por meio de comunicado publicado em seu site oficial, no qual admitiu que está pagando o preço da incrível e desgastante temporada que realizada no circuito profissional.

"Tenho de priorizar minha saúde e abandonar, embora meu instinto de jogador profissional esteja me fazendo querer jogar até a última gota de energia. Lamento muito a todos vocês que compraram ingressos e quiseram me ver jogar. Minha temporada foi longa e cansativa, eu joguei todas as minhas partidas no mais alto nível e agora meu corpo está pedindo por recuperação", completou o tenista.

Com a desistência em Paris, a participação de Djokovic no ATP Finals passa a ficar em dúvida, mas o jogador ainda não se pronunciou sobre a possibilidade ou não de desistir da competição.

adblock ativo

Publicações relacionadas