Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > bahia > SALVADOR
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
10/07/2024 às 10:14 - há XX semanas | Autor: Alex Torres e Leo Moreira

REPRESENTANTE

OAB critica tentativa de "suavizar" racismo contra atleta do Bahia

Camila Carneiro afirmou que não houve constrangimento, e sim, um crime de racismo

Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA
Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA -

A presidente da comissão de promoção de igualdade social da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) marcou presença, na manhã desta quarta-feira, 10, na audiência de custódia do treinador Hugo Duarte, do JC Amazonas, acusado de cometer o crime de injúria racial contra a jogadora Suelen, do time de futebol feminino do Bahia.

Em entrevista à equipe do Portal A TARDE, Carneiro ratificou que não houve constrangimento com a atleta chamada de "macaca" pelo comandante português da equipe amazonense e criticou supostas tentativas de "suavizar" o crime.

Leia mais

Jogadoras do Bahia e JC brigam após partida em Pituaçu; veja

Defesa contesta acusação de injúria racial contra atleta do Bahia

FBF repudia ato racista de treinador português contra atleta do Bahia

"Tratar dessa forma é suavizar o ocorrido. O que aconteceu é um crime de grave potencial ofensivo, inclusive, sendo imprescritível e inafiançável. Quando o advogado diz que vai tentar fazer ele responder pelo crime em liberdade, significa que não tem alternativa e ele vai responder pelo crime. O que pode acontecer na audiência de custódia é se ele vai seguir preso respondendo pelo crime ou se o juiz entender que existem condições de converter em liberdade condicional, ele vai responder com algumas medidas cautelares e situações que ele precisará retornar. Ele vai responder pelo crime e isso é fato", disse Camila.

Questionada sobre a distinção dos crimes de racismo e injúria racial, Camila Carneiro explicou: "Injúria racial hoje é racismo. Temos tipos penais de racismo e a injúria racial é uma delas. A diferença é que a injúria racial é uma ofensa à honra de uma pessoa em sua individualidade. Comete o ato racista contra uma pessoa. O racismo como sistema é o crime cometido contra toda a coletividade. Essa é a diferença básica, mas ratificando que injúria racial é racismo".

Assuntos relacionados

audiência de custódia direitos humanos futebol feminino injúria racial OAB racismo

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

audiência de custódia direitos humanos futebol feminino injúria racial OAB racismo

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

audiência de custódia direitos humanos futebol feminino injúria racial OAB racismo

Publicações Relacionadas

A tarde play
Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA
Play

Cenário de destruição: ônibus colidem na Avenida Tancredo Neves; vídeo

Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA
Play

Saiba quem é Marvin, ‘fiel’ do traficante mais procurado de Itaparica

Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA
Play

Após manutenção, Linha 2 do metrô volta a operar em Salvador

Camila Carneiro. presidente da comissão de promoção de igualdade social da OAB-BA
Play

CCR disponibiliza ônibus 'de graça' após pane na Linha 2 do metrô

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA