Corpos de vítimas de acidente aéreo serão enviados para São Paulo

Publicado segunda-feira, 18 de novembro de 2019 às 18:03 h | Atualizado em 18/11/2019, 18:56 | Autor: Da Redação

Os corpos do ex-piloto Stock Car Tuka Rocha, de 36 anos, da jornalista e relações públicas Marcela Brandão Elias, 37, e sua irmã, Maysa Mussi, mortos em um acidente aéreo na Bahia, foram liberados pelo Instituto Médico Legal Nina Rodrigues (IMLNR), para São Paulo, restando apenas os familiares resolverem os trâmites legais para o translado até o estado.

Os três foram vítimas da queda de uma aeronave, em Maraú, no Sul da Bahia. Marcela morreu em decorrência das queimaduras ainda na quinta-feira, 14, dia do acidente. Já Maysa e Tuka vieram a óbito no domingo, 17. Os dois últimos estavam internados no Hospital Geral do estado (HGE).

Sete vítimas do acidente permanecem internadas no HGE: Eduardo Trajano Elias, Eduardo Brandão (de 6 anos); Eduardo Mussi, marido de Maysa Mussi; Marcelo Constantino Alves, neto de Nonô Constantino, fundador da Gol; Marie Cavelan, Fernando Oliveira e Aires Napoleão Guerra, piloto do avião. Não foi detalhado o estado de saúde de cada um.

Publicações relacionadas