Ju Ferraz fala sobre a reinvenção do Carnaval brasileiro

Publicado sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020 às 18:04 h | Atualizado em 28/02/2020, 18:08 | Autor: https://anotabahia.com/

A agenda de trabalho de Juliana Ferraz, diretora de novos negócios, comercial e relações públicas da Holding Clube, tem sido uma das mais intensas de 2020. Da produção de Baile da Vogue ao disputado Camarote Nº1, reinventado por ela, a baiana de 39 anos vem se consolidando no mercado com uma das empresárias e RP’s mais festejadas no Brasil. E ainda separa um espaço reforçar, ao dividir a rotina com os seguidores, a nova era da folia a partir do movimento “Body Positive”, voltado a desmentir a ilusão de que o corpo “perfeito” é o único digno de brilhar no Carnaval.

“Ainda vivemos num cenário restrito, em que apenas um tipo de corpo permite alcançar certas conquistas. É contra estes padrões antigos que eu luto”, reforça Ju Ferraz. Ela destaca que o movimento não é apenas para quem não se sente confortável com seu biotipo físico, mas visa olhar cada detalhe que pode ser considerado um “empecilho” para que alguém seja livre. “Hoje, meu único receio é não usar o que eu tenho vontade. Nós devemos nos jogar no mundo vestindo aquilo que nos faz bem, seja uma peça justa ou uma roupa de banho, no Carnaval e em qualquer outra data” 

Publicações relacionadas