Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6

Publicado segunda-feira, 21 de outubro de 2019 às 19:00 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Alex Torres*

O Bahia saiu na frente do Ceará, mas cedeu a virada por 2 a 1 ao rival, na noite desta segunda-feira, 21, e perdeu a chance de voltar ao G-6 do Brasileirão. Jogando com o apoio da torcida no estádio de Pituaçu, em Salvador, o Tricolor abriu o placar com Artutr, mas Luiz Otávio marcou no fim duas vezes para os cearenses.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Série A

Após o revés, o Tricolor estacionou na 8ª colocação da tabela de classificação, com 41 pontos. Já o Ceará conseguiu se distanciar um pouco da briga na parte debaixo e avançou para a 15ª posição, com 29 pontos.

O Esquadrão segue em Salvador para a próxima rodada. A equipe comandada por Roger Machado recebe o Internacional, dessa vez, na Arena Fonte Nova, no sábado, 26, às 19h, pela 28ª rodada.

O jogo

Com as equipes bastante fechadas, o setor que melhor se destacou no início do primeiro tempo foram as defesas bem postadas. Do lado tricolor, as diagonais feitas por Élber e Artur esbarravam em Tiago Alves e Luiz Otávio. Já as descidas pela direita do Vozão, com Lima e João Lucas, eram muito bem anuladas por Nino Paraíba.

Assim, ambas equipes se viram na necessidade de forças as jogadas e, consequentemente, abusar dos erros de passe. O Bahia conseguia criar na base do contra-ataque, aproveitando a saída do Vozão. No entanto, todas sem perigo para a meta defendida pelo goleiro Diogo Silva. 

Apesar das poucas chances, o melhor momento da primeira etapa foi do Ceará. Em falta na entrada da área pela direita, aos 40 minutos, João Lucas cobrou fechado, exigindo grande defesa de Douglasque se esticou para mandar para fora. Com isso, as equipes foram para o vestiário com a necessidade de mudar a postura para a etapa final. 

  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |
  • Bahia decepciona no fim, leva virada do Ceará e perde chance de voltar ao G-6
    |

Com a necessidade de ser mais agudo à defesa cearense, Roger Machado sacou, ainda no intervalo, o meia Guerra para a entrada de Marco Antônio. Porém, o que se viu, inicialmente, foi um Ceará com mais impeto de chegar ao gol, criando duas chances logo nos primeiros cinco minutos.

Em uma delas, aos 4 min, Lima aplicou belo drible de corpo em cima de Lucas Fonseca e tocou na saída de Douglas, mas para fora. Aos 8 min, o Bahia chegou com perigo à meta de Diogo Silva, após Élber ganhar na velocidade pela esquerda e rolar para a chegada de Artur, que bateu de primeira por cima do gol. 

O Ceará chegou novamente com perigo aos 15 min, quando a bola sobrou para Pedro Ken que emendou de primeira e Douglas fez grande defesa. A resposta veio aos 22 min, após contra-ataque fulminante puxado pelo Bahia. Na jogada, Marco Antônio encontrou belo passe para Arthur Caike, que tocou na saída de Diogo Silva, mas o arqueiro do Alvinegro conseguiu abafar bem a jogada. 

O cenário da partida começou a mudar aos 30 min, após Mateus Gonçalves - que entrou no lugar de Lima - colocar a mão na bola em disputa com Nino Paraíba e ceder falta perigosa ao Esquadrão. Na cobrança, Marco Antônio encontrou o pequeno Artur, que apareceu como um gigante para testar para o fundo das redes e abrir o placar para o Tricolor. 

Apesar do gol, o Ceará não se abateu na partida. A equipe de Adilson Batista subiu suas linhas e foi para o tudo ou nada nos 15 minutos finais, arriscando, principalmente, nas bolas jogadas na área. Aos 34, em cruzamento de João Lucas pela esquerda, Bergson cabeceou para grande defesa de Douglas. 

A pressão do Vozão nos minutos finais começou a surtir efeito aos 39 minutos. Em outra jogada pela lateral, Lucas Fonseca desarmou João Lucas e mandou para escanteio. Na cobrança, Luiz Otávio subiu mais que todo mundo e mandou para o fundo das redes, empatando a partida. 

O Esquadrão ainda tentou responder aos 43 min. Marco Antônio subiu pela esquerda, cortou para dentro e bateu com muito perigo à meta de Diogo Silva. No entanto, quem acabou tirando o empate do placar foi o alvinegro, já nos acréscimos. aos 48 min, em nova cobrança de escanteio, Luiz Otávio subiu novamente para cabecear e mandar para o gol de Douglas, decretando o triunfo da equipe cearense. 

  •  

*Sob a supervisão do editor Nelson Luis

Publicações relacionadas