"Encarar como uma final", diz João Victor sobre jogo contra o Operário

Publicado segunda-feira, 28 de dezembro de 2020 às 11:41 h | Atualizado em 28/12/2020, 12:13 | Autor: Jeferson Jesus*

Em situação delicada na Série B, o Vitória aposta todas suas fichas no retorno de Rodrigo Chagas ao comando técnico do time para garantir a sua permanência no mesma divisão em 2021.

Encarando um cenário adverso, assim como em sua primeira passagem, de maneira interina, o técnico, que foi efetivado após a passagem relâmpago de Mazola Júnior agora assume a equipe a um ponto da zona de rebaixamento.

Um dos raros destaques do time na temporada, o zagueiro João Victor falou sobre a tensão que antecede a decisiva partida contra o Operário-PR, em coletiva na manhã desta segunda-feira, 28, no CT Manoel Pontes Tanajura.

"Estamos conversando, os líderes estão passando tranquilidade para todos. Sabemos que é um momento difícil, nos encontramos ali, perto da zona, todos colados, é o momento de foco. Precisamos manter o foco nesta semana para tirar o Vitória dessa situação. Emocionalmente, o grupo está bem. Conversamos, tivemos uma reunião entre os jogadores e vamos encarar como uma final esse jogo contra o Operário", sinaliza o defensor.

Com sete partidas restantes na competição, sendo quatro delas jogando longe do Barradão, o Leão precisará repetir o feito de ganhar fora de casa, algo que só conseguiu uma vez no Brasileirão, na goleada por 4 a 1, contra o Paraná, também sob o comando de Chagas.

Questionado sobre a necessidade de pontuar atuando distante dos seus domínios, o zagueiro ressaltou que o pensamento inicial é não ser derrotado e ressaltou a importância da concentração nas partidas, algo que falto, segundo o próprio em outras oportunidades.

"Sobre o quatro jogos fora de casa, vamos buscar não perder, primeiramente. Pelo menos buscar o empate ou a vitória, não pensamos em perder, e fazer o nosso dever de casa. Creio que não. Falta um pouco de concentração, e atitude dentro de campo para acertar os detalhes. O grupo é fechado, é feliz. Treinamos essa semana, procuramos melhorar nos nossos erros e focar no próximo jogo agora, contra o Operário e sair daqui com os três pontos", avalia.

*Sob supervisão da editora Keyla Pereira

Publicações relacionadas