adblock ativo

Vitória quer manter autoestima contra Verdão

Publicado domingo, 07 de agosto de 2016 às 11:08 h | Atualizado em 07/08/2016, 11:08 | Autor: Vitor Villar
Vagner mancini treinando vitória
Vagner mancini treinando vitória -
adblock ativo

Na última quarta-feira, 3, o Vitória acabou com uma sequência de cinco jogos sem triunfo, diante do Coritiba, em Feira de Santana. Agora, para recuperar de vez a autoestima, o Leão precisa dar fim a outra incômoda marca: em nove partidas que disputou fora de casa, o Rubro-Negro só venceu uma, contra o Grêmio, na 10ª rodada.

O momento é bastante favorável para isso: o Palmeiras, adversário deste domingo, 7, às 16h,  vem de péssimo momento no Allianz Parque. Se o Verdão venceu os sete primeiros duelos que fez por lá no Brasileiro, a equipe comandada por Cuca sofreu nas últimas duas, ao empatar com o Santos, em 1 a 1, e perder para o Atlético-MG, por 1 a 0.

Parte da culpa por isso é da Olimpíada. O principal jogador do time paulista, o atacante Gabriel Jesus- que, por sinal, é o artilheiro da Série A, com 10 gols -, está servindo a seleção brasileira nos Jogos. Outro jogador importante que foi para o Rio de Janeiro, mas acabou cortado por lesão, foi o goleiro Fernando Prass.

O volante Willian Farias, que assumiu a faixa de capitão do Rubro-Negro nas últimas partidas, contemporiza o mau momento do adversário: "Fragiliza porque pelo resultado não vir eles perdem a confiança. Mas o Palmeiras tem um grupo forte, talvez um dos melhores elencos do Brasileiro".

"Em todo campeonato tem equipes que alternam um pouco, é normal. Eles vão jogar com o torcedor do lado deles e precisando ganhar. A gente tem que ter muito cuidado com isso", completou Willian.

O capitão ressaltou que a vitória sobre o Coxa devolveu a confiança ao elenco: "Quando a gente tem uma sequência de resultados ruins a gente chega no vestiário e vê aquele sentimento triste. Nosso grupo é muito alegre, e nesse tempo sem vencer eu fiquei com saudade de ver isso. O triunfo devolveu essa alegria".

Para a partida no Allianz Parque - a primeira da história do Leão no novo estádio palmeirense -, o técnico Vágner Mancini terá o retorno do zagueiro Victor Ramos, que cumpriu suspensão na última partida pela expulsão contra o Figueirense. Ele deve ser titular ao lado de Kanu na defesa.

No meio-campo, o treinador estuda lançar uma formação com apenas um volante, sem Amaral. Flávio, mais recuado, e Cárdenas devem fazer a armação da equipe.

adblock ativo

Publicações relacionadas