Carlos Lupi endossa nome de Prates para 2028 e quer Félix no Senado | A TARDE
Atarde > Política > Eleições 2024

Carlos Lupi endossa nome de Prates para 2028 e quer Félix no Senado

Presidente nacional do PDT considera natural nome do correligionário para prefeitura de Salvador

Publicado sexta-feira, 26 de abril de 2024 às 18:46 h | Atualizado em 26/04/2024, 18:52 | Autor: Gabriela Araújo e Lula Bonfim
Imagem ilustrativa da imagem Carlos Lupi endossa nome de Prates para 2028 e quer Félix no Senado
-

Sem espaço na vice-prefeitura, o deputado federal Leo Prates (PDT) defende o seu nome para a vaga na chapa majoritária da prefeitura de Salvador em 2028. Apesar de considerar natural o nome do correligionário para a vaga, o presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, trata o assunto com cautela. 

“Cada sofrimento tem seu tempo. Nós não podemos chegar em 2028, se não chegarmos, primeiro em 2024 e depois em 2026. A tendência e a natureza de qualquer partido é ter uma candidatura própria. [...]. Então, ele é o nome natural que o partido tem para qualquer projeto futuro”, iniciou o ministro.

Leia também

>> “Todos querem”, diz Félix sobre Republicanos pleitear vice de Bruno

>> Bruno Reis comenta sobre encontro com Carlos Lupi: “Grande amigo”

Lupi participa nesta sexta-feira, 26, do encontro de pré-candidatos da sigla, que acontece na sede da legenda, localizado no bairro da Mouraria. Em conversa com jornalistas, ele considerou legítimo o pleito de Prates em chancelar o nome para o Palácio Thomé de Souza. 

“O que nós colocamos para o Leo, eu especificamente, é que ele é uma liderança que teve 88 mil votos aqui em Salvador. [Se] não respeitar quem tem voto, vamos respeitar quem?”, indagou o presidente nacional. 

E continuou: “Leo já manifestou para mim, algumas vezes, o desejo de ser candidato a prefeito. E porque não, se ele tem legitimidade eleitoral e política para isso?”

As projeções dentro do ninho pedetista vão além de Prates e se estendem ao presidente estadual da legenda, Félix Mendonça Jr. Na ocasião, Lupi ainda defendeu publicamente o nome do deputado federal para ocupar o Senado.

“Se depender de mim, Félix vai ser candidato a senador em 2026. Não estou dizendo que ele concorda. Porque um partido político que não vive dos seus projetos, ele morre”, acrescentou.

Apesar dos afagos de Lupi aos seus correligionários, na Bahia, existe um embate entre o parlamentar e o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (União Brasil). Os entraves surgiram após a debandada da vereadora e pré-candidata à prefeitura de Lauro de Freitas, Débora Regis, ao grupo político.

Veja também

>> “Não existe briga”, diz Ana Paula sobre relação PDT e União Brasil

>> “Escutarei”, diz Bruno Reis sobre Lupi pedir Ana Paula de vice

A briga, contudo, parece que não afetará a aliança do partido para a eventual campanha de reeleição de Bruno Reis (União Brasil). Isso porque, Lupi garantiu apoio ao pretenso postulante. 

"Os dois projetos são encapados pelo partido, mas acho que temos que saber a cada etapa vencer o seu obstáculo. Primeiro, queremos que Bruno Reis ganhe no primeiro turno em Salvador", disse, seguido por aplausos dos presentes.  

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS