Presidente do PT-BA celebra pesquisa e projeta crescimento de Jerônimo

Pesquisa AtlasIntel/A TARDE apontou que empate técnico entre o petista e o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto

Publicado sexta-feira, 05 de agosto de 2022 às 09:57 h | Atualizado em 05/08/2022, 10:02 | Autor: Da Redação
Candidatura de Lula é vista como trunfo para alavancar Jerônimo nas pesquisas
Candidatura de Lula é vista como trunfo para alavancar Jerônimo nas pesquisas -

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, comemorou o resultado da última pesquisa AtlasIntel/A TARDE, que aponta um empate técnico entre o candidato petista ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues, e o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil).

O levantamento apontou um crescimento de 5,2 pontos percentuais para Jerônimo, o que, segundo Éden, reflete o impacto da eleição nacional nos pleitos estaduais e a força do nome de Lula, candidato à presidência, que aparece na liderança no estado.

"A população baiana sabe que o retrocesso no Brasil, com a volta do fome, do crescimento do desemprego, da alta do preço dos alimentos, é de inteira responsabilidade de Jair Bolsonaro e que a eleição de Lula representa a esperança da reconstrução do país. E a população reconhece que a Bahia dará novos saltos com Lula presidente e Jerônimo governador", apontou.

>>> Leia Mais: Pesquisa indica empate técnico entre Jerônimo Rodrigues e ACM Neto | A TARDE

Nível alto de acerto credencia instituto de pesquisa | A TARDE

Éden afirmou ainda que com o avanço da campanha de Jerônimo, é esperado que o candidato do PT se torne mais conhecido e mantenha a curva de crescimento, já que de acordo com a pesquisa, 55% do eleitorado ainda não escolheu seu candidato.

"Um é de inclusão, emprego, desenvolvimento, representado por Lula, Jerônimo, Rui Costa, Jaques Wagner e Otto Alencar, e o outro, da fome, do atraso, do desemprego, que é o projeto de Bolsonaro e de seus apoiadores, como João Roma e ACM Neto. O ex-prefeito, no entanto, prefere esconder que dá sustentação ao Governo Bolsonaro ou prefere dizer não se importar com quem vença as eleições para presidente. Então é tanto faz? Tanto faz se é fome ou comida no prato, tanto faz se é geração de emprego ou milhões de pessoas sem ocupação em busca de uma oportunidade de trabalho?”, pontuou.

Jerônimo tem rodado a Bahia e sido recebido de braços abertos pelo povo, que se reconhece nele, um baiano comum, que teve uma infância pobre no interior e conseguiu, com seu esforço, estudar, ser professor de universidade pública, secretário de estado e agora, candidato a governador. Com o início da propaganda eleitoral, todos os baianos terão a oportunidade de conhecer essa figura humana, esse gestor competente e comprometido com o nosso povo e nosso estado".

Publicações relacionadas